O Facebook está de olho em todos aqueles usuários que tentam conquistar as famosas “curtidas” nas páginas por meios desonestos. Em uma recente postagem no seu blog oficial, a rede social comentou que “conseguiu quase US$ 2 bilhões em julgamentos legais” contra vários spammers da rede que criavam contas falsas ou hackeavam pessoas para aumentar a popularidade de certas páginas que pagavam pelo serviço.

A empresa também comentou que conta com sistemas que previnem esse tipo de spam, removendo as ações assim que alguma atividade suspeita for detectada pelo Facebook. A postagem ainda relembra os usuários que diversos vírus e malwares são utilizados para propagar esse tipo de serviço — então sempre tome cuidado ao clicar em links suspeitos enquanto navega pela rede.

Cupons de desconto TecMundo: