Na tarde de ontem (1), usuários que tentaram acessar o Facebook tiveram uma decepção, verificando seguidas mensagens de erro e instabilidades durante cerca de duas horas. A falha na rede social foi explicada hoje pela equipe de Mark Zuckerberg e pode ser considerada a pior interrupção dos últimos quatro anos.

“Essa é a pior interrupção que já tivemos em mais de quatro anos e, antes de tudo, gostaríamos de nos desculpar por isso”, explicou Robert Johnson, porta-voz do Facebook. Embora não tenha informado detalhes técnicos com relação ao problema que deixou o site fora do ar, a equipe deu algumas dicas do que teve que enfrentar.

Por conta de um erro na configuração do sistema que verifica automaticamente os valores de cache, consequência de uma alteração de padrões técnicos, um efeito dominó resultou em tentativas de acesso frustradas e acabou inundando a base de dados da rede social. Ao tentar resolver a falha, novas consultas eram criadas, tornando o problema ainda pior.

Para romper esse ciclo, foi preciso tomar uma medida drástica: interromper todo o tráfego, desligando o site. Somente após a recuperação da base de dados, foi possível reparar a causa do problema e, com isso, fazer com que o serviço fosse reestabelecido aos poucos, o que causou instabilidade nos minutos que se seguiram ao retorno da rede ao ar.

Cupons de desconto TecMundo: