(Fonte da imagem: Divulgação/Facebook)

Com começo planejado para as 14 horas (no horário de Brasília) desta quarta-feira, a conferência F8 do Facebook deve tratar com especial atenção o mercado mobile. O evento marca a primeira vez desde 2011 que a rede social aposta em uma apresentação do tipo, e muitas coisas mudaram dentro da companhia nesses últimos três anos.

Enquanto até um passado recente o site tinha como foco os desktops tradicionais, agora são os dispositivos móveis que têm total atenção de Mark Zuckerberg — além de desenvolver aplicativos próprios, a empresa adquiriu nomes de peso na área, como o comunicador instantâneo WhatsApp.

A conferência se inicia com uma apresentação de Zuckerberg, seguida por diversas sessões que devem tratar de assuntos como a venda de publicidade para o mundo mobile, notificações push e jogos mobile. O evento também vai contar com espaços dedicados nos quais desenvolvedores poderão entrar em contato direto com os engenheiros do Facebook e do Instagram, que vão ajudar a solucionar bugs existentes em aplicativos.

Ao que você deve ficar atento?

Um maior foco na integração entre aplicativos mobile

Além de apostar no compartilhamento de dados entre seus aplicativos proprietários, o Facebook quer permitir uma maior integração deles com softwares terceirizados. Embora isso já aconteça em certo nível, a companhia quer tornar essa uma parte ainda mais importante de suas operações e usar essa característica como uma forma de expandir ainda mais sua base de usuários.

(Fonte da imagem: Divulgação/Facebook)

Em seu discurso, Mark Zuckerberg deve apresentar a vantagens que desenvolvedores encontram ao permitir que usuários realizem o login com suas informações registradas no Facebook. Caso ele seja bem-sucedido, a companhia deve ganhar mais dados e visitas, ao mesmo tempo em que oferece a possibilidade de que aplicativos se aproveitem da lista de amigos de uma pessoa registrada na rede social.

AmpliarGráfico mostra o crescimento dos usuários mobile do Facebook (Fonte da imagem: Divulgação/Facebook)

Quanto mais fácil for a integração de softwares terceirizados com o Facebook, melhor para a rede social. Ao criar a dependência de um login da rede social para que seja possível usar um aplicativo, a empresa se assegura que um número menor de pessoas vai fechar seus perfis na rede social e mantém uma base segura de visitantes que vão ser impactados pelos anúncios publicitários exibidos no site.

Mais informações sobre o Internet.org

Mark Zuckerberg deve aproveitar o F8 para divulgar mais detalhes sobre a iniciativa Internet.org, que possui o objetivo nada modesto de disponibilizar o acesso à internet em todas as partes do planeta. Para reforçar a importância do projeto, a rede social vai reservar um espaço chamado “Internet.org Innovation Lab” para que desenvolvedores possam trocar dicas sobre o desenvolvimento de apps adaptados à estrutura de rede de países em desenvolvimento.

Uma aparição de Ilya Sukhar, CEO da Parse

Reforçando o foco da rede social em dispositivos mobile, a conferência deve contar com a aparição de Ilya Sukhar, CEO da Parse. Adquirida em abril pelo Facebook, a empresa tem como objetivo ajudar desenvolvedores a criarem aplicativos para aparelhos portáteis e para a internet.

O que não esperar?

Novos produtos para o usuário comum

Em 2011, o Facebook aproveitou a conferência F8 para apresentar uma nova linha do tempo e o recurso Open Graph, que permitia que sites e aplicativos compartilhassem novidades em sua página na rede social. No entanto, quem esperar que uma situação semelhante se repita este ano provavelmente vai se decepcionar com a falta de novidades que visam o usuário “comum”.

(Fonte da imagem: Divulgação/Facebook)

Embora a rede social deva apresentar novos produtos, seu uso deve ficar restrito a parceiros comerciais e a desenvolvedores que trabalham com os recursos oferecidos pela companhia. No entanto, embora essas novidades devam agir principalmente nos “bastidores”, há chances de que algumas delas provoquem mudanças na maneira como interagimos com o site em um futuro próximo.

Acompanhe as novidades pelo TecMundo

Mantendo a tradição de acompanhar de perto todas as novidades do mundo da tecnologia, o TecMundo vai observar de perto tudo o que acontecerá durante o F8 2014. Assim, basta ficar ligado em nosso site para conferir todas as novidades relacionadas à rede social e seus planos para o futuro — lembre-se de que a conferência do evento começa hoje a partir das 14 horas no horário de Brasília.

Cupons de desconto TecMundo: