(Fonte da imagem: Reprodução/Cesgranrio)

Quem usa o Facebook com frequência sabe bem quais são as opções de interação para postagens de outras pessoas: você pode curtir a publicação, deixar um comentário ou compartilhá-la com os próprios contatos. Mas será que é uma obrigação saber isso?

Uma questão no mínimo polêmica e controversa foi cobrada na prova para o cargo concursado de escriturário do Banco do Brasil. A pergunta exigia o nome e a ordem das três ações de interação no Facebook, com cinco alternativas.

A marcação correta, letra "B", é a única que apresenta todos os nomes verdadeiros. Nas demais, estão termos não existentes na rede social, como "Gostar" e "Repostar". Apesar de não ser difícil para frequentadores assíduos do Facebook, o desafio foi visto como irrelevante por alunos e professores, já que não pede conhecimentos técnicos ou práticos para ser respondido.

Em resposta à reportagem do G1, o Banco do Brasil alegou que conhecimentos sobre redes sociais fazem parte do conteúdo cobrado, de acordo com um anexo ao edital de seleção. Além disso, a instituição argumenta que cobra conteúdos que avaliem as necessidades do trabalho e exigências do mercado, sendo que esses sites são "importante fonte de informações por meio das quais é possível acompanhar a opinião pública, de clientes, fornecedores, concorrentes e colaboradores".

Cupons de desconto TecMundo: