(Fonte da imagem: Reprodução/Facebook)

O humor no Facebook agora chegou em peso nos consultórios de psicologia. Tratando com ironia algumas situações simples de pacientes, a “Psicologa Honesta” (sem acento, de acordo com o título original) é a nova sensação da rede social, conquistando mais de 172 mil curtidas em apenas 20 dias desde a sua criação.

A página foi idealizada pelo cearense João Mirio Pavan, de 22 anos, depois de conversar com amigas do ramo que contavam sobre pacientes com problemas comuns do dia a dia que nem precisariam recorrer a um profissional. Foi assim que, seguindo a proposta de humor de outras páginas como “Gina Indelicada” ou “Dilma Bolada”, a “Psicologa Honesta” dá conselhos sinceros ou atravessados aos questionamentos simples dos pacientes.

O sucesso e as reclamações

O estudante de Sistemas de Informações conta ao G1 que as tirinhas já provocaram algumas reclamações de profissionais da área, que comentam que o humor da página “desvalorizava a profissão”. Em uma das situações das imagens, um paciente questiona à “Psicologa Honesta” o que ele deve fazer quando seu celular quebra e ele fica sem acesso ao WhatsApp. “Eu fui explicar para o psicólogo que ninguém iria pagar R$ 300 para perguntar o que fazer sem WhatsApp. Geralmente acionam psicólogos por uma questão mais profunda”, conta o cearense.

Pavan conta ao portal que não esperava fazer tanto sucesso com a página, criada no dia 17 de janeiro. Depois de publicar a primeira imagem, o cearense foi à padaria, e na volta a tirinha já contava com 400 curtidas e 600 reclamações pelo erro ortográfico em “Psicologa”. O autor tentou reparar o erro, mas o Facebook barrou a edição por conta da popularidade do post.

Com imagens curtidas mais de 4 mil vezes, o estudante tem sua própria opinião sobre a grande repercussão dos conselhos da “Psicologa Honesta”: “Eu acho que o grande sucesso da página é porque alguém tem um amigo que se encaixa na situação da tirinha e curte o post para dar uma indireta”, conta Pavan ao G1.

Cupons de desconto TecMundo: