(Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

Com lançamento programado para o dia 12 de abril (próxima sexta-feira), o Facebook Home tem o objetivo de mudar a maneira como a rede social é utilizada. O software desenvolvido pela equipe de Mark Zuckerberg toma de assalto aparelhos Android, transformando suas páginas iniciais em um painel de atualizações para o site.

Diversos veículos estrangeiros já tiveram a oportunidade de testar o novo produto e deram sua opinião sobre ele. Neste artigo, fazemos um apanhado geral das impressões deixadas pela novidade que pretende acabar com o domínio da Apple e da Samsung no mundo portátil.

O lado bom

Entre aqueles que aprovaram a apresentação do Facebook Home está o The Verge, que destacou as “fontes claras que são negritadas nos links e nomes” e a maneira como as fotos e os nomes de contatos são organizados. Segundo o veículo, o software tem um visual muito mais limpo que qualquer versão do Android, chegando até mesmo a esconder a barra de notificações tradicional do sistema.

(Fonte da imagem: Reprodução/SlashGear)

Já o Gizmodo afirma que uma das principais vantagens do software é o fato de ele trazer uma nova experiência ao usar o smartphone. “É bom esfoliar todas aquelas besteiras de aplicativos dos quais você não precisa, mas acumulou porque são gratuitos. O Facebook Home é simples — talvez estupidamente simples — e isso com certeza é uma virtude”, afirma o escritor Sam Biddle.

As críticas

O Slashgear afirma que, embora entenda as intenções do novo sistema, ele deveria ser considerado mais algo em estágio Beta do que um produto finalizado. Segundo o site, a falta de suporte a widgets dedicados e a falta de controle sobre quem aparece no feed de notícias faz com que a experiência de uso não se mostre muito confortável.

O veículo também critica o fato de que, para quem costuma se dedicar mais ao Twitter ou ao Google+, certos sacrifícios se mostram necessários na hora de usar a novidade. Como o sistema de chat do Facebook sobrescreve aplicativos como o WhatsApp, pode ser preciso se adaptar a novos sistemas para realmente aproveitar a novidade.

(Fonte da imagem: Reprodução/CNET)

Já a principal reclamação do CNET se deu pelo fato de que, ao clicar em uma notificação, o usuário é enviado ao aplicativo do Facebook para Android. De acordo com o site, isso quebra um pouco a experiência de uso, já que o programa não se mostra tão fluido ou atraente quanto a interface própria do Home.

Análise em breve

A partir da próxima sexta-feira, o Facebook Home vai estar disponível para download para todos os que tiverem os seguintes aparelhos: HTC One, HTC One X, Samsung Galaxy S3 e Samsung Galaxy Note 2. O Tecmundo está a postos para realizar uma bateria de testes completa com o novo software e, assim que possível, trará a você nossas impressões — portanto, fique ligado no site para conferir tudo o que você precisa saber sobre a nova plataforma criada pela equipe de Mark Zuckerberg.

Cupons de desconto TecMundo: