(Fonte da imagem: Reprodução/Facebook)

O Facebook vai tornar mais transparente a forma como os anúncios por tags são apresentados na página do site. Essa publicidade é escolhida de forma seletiva para cada participante da rede, de acordo com os assuntos e comunidades mais visitados por eles. O monitoramento não vai deixar de existir, o que vai mudar é apenas a inserção do AdChoices – uma ferramenta que aparece na tela sempre que você passar o mouse sobre um anúncio.

Graças a isso, os participantes vão ser alertados quando as ações deles estiverem sendo seguidas: sempre que o ícone azul e cinza aparecer na tela, você vai ter consciência da prática. Até então a forma como esse acompanhamento é feito era quase um mistério. Não era possível ter certeza de até que ponto esse monitoramento era realizado.

Compromisso garantido pelo Facebook

Agora, a empresa se comprometeu a alertar os participantes de forma clara, firmando o compromisso com a Council of Better Business Bureau (CBBB) – um conselho criado em 1912 nos Estados Unidos e no Canadá para garantir aos consumidores a confiança no mercado.

(Fonte da imagem: Divulgação)

Entretanto, a CBBB declarou que essa ação é o mínimo que a rede social poderia fazer, mas que ainda não é o suficiente para ajudar os usuários a ter controle sobre os anúncios. Como disse o diretor do Centro de Democracia Digital, Jeffrey Chester, ao New York Times: “É tempo de o Facebook encarar os fatos e informar aos usuários de forma clara como esses tipos de dados são coletados”.

Ainda segundo o diretor de marketing do Facebook, Brian Boland, a rede social sempre ofereceu ferramentas suficientes para que os participantes interagissem com a publicidade do site, podendo rejeitar, esconder e até mesmo clicar para saber mais sobre o assunto: “Dar aos anúncios a possibilidade de implementá-los com o AdChoices garante mais uma opção, outro mecanismo de controle”.

Cupons de desconto TecMundo: