A maior empresa de jogos sociais da atualidade e a maior rede social do mundo estão prestes a romper um relacionamento que dura desde 2010. Em março do ano que vem, Zynga e Facebook encerrarão a parceria que originou uma grande gama de jogos criados para o Facebook. Com isso, a Zynga não terá mais acesso a uma série de informações e possibilidades na rede.

Isso inclui as postagens, demonstração e comparação de resultados em murais. Por outro lado, a Zynga poderá criar jogos de uma forma mais autônoma, não dependendo de análises e verificações do Facebook. Este, por sua vez, poderá desenvolver seus próprios games, o que não era permitido com a parceria. Mesmo assim, não é esperado que algum título seja produzido pela empresa de Mark Zuckerberg.

E para quem pensa que apenas a Zynga (que tem 80% de sua renda baseada na rede social) vai se sair mal com o fim da parceria, aqui vai uma informação bem relevante: 15% da receita do Facebook é gerada pelos games sociais da desenvolvedora. Logo após o anúncio do fim da parceria, a Zynga já tinha perdido 12% do valor de suas ações.

Cupons de desconto TecMundo: