(Fonte da imagem: Reprodução/GlobalWebIndex)

Mesmo com o bloqueio do governo chinês, o Facebook ainda consegue atrair um número impressionante de usuários no país. Segundo relatórios do GlobalWebIndex, existem cerca de 63,52 milhões de usuários chineses no Facebook.

Com isso, a China seria o maior país dentro do Facebook, tirando o primeiro lugar dos brasileiros. Relatórios anteriores, como os divulgados pela Socialbakers, não mostravam a China nos gráficos devido ao bloqueio imposto pelo governo.

Entretanto, os chineses parecem não estar tão preocupados com as proibições e conseguem burlar o acesso com o uso de VPNs e VCNs – redes virtuais privadas e redes virtuais na nuvem. Além disso, o GlobalWebIndex aponta conexões em ambientes de trabalho que usam sistemas internacionais como uma porta de entrada para redes sociais.

O acesso dos chineses em redes sociais proibidas não acontece apenas com o Facebook: segundo o relatório, o Twitter conta com 35,47 milhões de usuários no país, enquanto o Google+ é a rede ocidental mais acessada na China, contando com cerca de 106,8 milhões de adeptos.

A China ainda conta com acessos para outros sites proibidos pelo governo, como Pinterest, Tumblr e até mesmo o LinkedIn. Mesmo com o sucesso das redes sociais bloqueadas, o grande destaque no país ainda é das redes exclusivas para o público chinês.

Fontes: GlobalWebIndex, Socialbakers

Cupons de desconto TecMundo: