Uma agência de segurança digital alemã, a Hamburg Data Protection, disse ao Bloomberg que o Facebook está agindo de maneira ilegal com seus usuários. A empresa afirmou que a rede social instala cookies rastreadores que permanecem ativos nos computadores dos usuários, até mesmo quando as contas no Facebook já foram excluídas.

Johannes Caspar, representante da Hamburg Data Protection, afirmou que o argumento do Facebook (“usuários que deixaram a rede precisam continuar reconhecíveis para garantir a segurança do serviço, impedindo que spammers reativem os perfis sem autorização”) não é válido. Ele diz ainda que isso mostra que a rede social está apenas criando perfis de rastreamento, o que é ilegal.

O grupo alemão vai se reunir com representantes de órgãos similares da Irlanda e da Noruega, para que seja criado um relatório completo. O objetivo deles é entrar com petições de esclarecimento do Facebook junto à União Europeia. 

Cupons de desconto TecMundo: