(Fonte da imagem: Divulgação Facebook)

O que era para ser apenas uma brincadeira na internet pode acabar em condenação para a estadunidense Dana Thornton. A mulher de 41 anos criou um perfil "fake" do seu ex-namorado no Facebook, aparentemente, com a intensão de passar ideias falsas sobre suas escolhas na carreira e no estilo de vida.

A identidade falsa criada na rede social foi descoberta pelo próprio Michael Lasalandra, ex-parceiro da acusada. Segundo o site Mail Online, Michael encontrou o perfil que continha seu nome completo, data de nascimento e até fotos dele com comentários de vários usuários que acreditavam que as postagens eram legítimas.

Os advogados de defesa da Dana alegam que, apesar dela ter violado as regras do Facebook, não existe lei que a impeça de criar perfis falsos em redes sociais. Já a acusação defende que impersonificar alguém ou assumir uma identidade falsa é crime, não importando o veículo utilizado para tal. Um juiz irá ouvir as duas partes no dia 9 de novembro.

Cupons de desconto TecMundo: