(Fonte da imagem: Divulgação/Facebook)

No último dia 30 de junho, Mark Zuckberberg anunciou que o Facebook preparava uma grande novidade para tentar ofuscar o lançamento do Google+. Embora muitos apostassem no lançamento de um novo aplicativo móvel, tudo indica que o site de relacionamentos tem nas conferências por vídeo sua nova arma.

Rumores apontam que o evento marcado pela companhia para acontecer no dia 6 de julho será responsável por apresentar um recurso de videoconferência para a rede social. A novidade seria resultado de uma parceria com o Skype, companhia que seria responsável pelo desenvolvimento do novo produto.

A nova opção seria feita para trabalhar em conjunto com aplicativos para desktop, porém ainda não ficou claro se quem já possui o comunicador instantâneo instalado poderia utilizar a novidade sem nenhum tipo de download adicional. Porém, tudo indica que a experiência oferecida na rede social será bastante próxima ao do programa para desktops.

Rede de usuários gigantesca

A parceria com o Facebook deve trazer benefícios principalmente para o Skype, que deve ver sua base de usuários aumentar consideravelmente. Enquanto o comunicador instantâneo possui cerca de 170 milhões de usuários espalhados pelo mundo hoje, o Facebook conta com mais de 750 milhões de usuários ativos.

A rede de Mark Zuckerberg terá como vantagem dispor de mais um produto que incentiva os usuários a permanecerem no site, evitando a perda de audiência para o Google+ e outros concorrentes. Caso o anúncio se concretize, a maior beneficiada deve ser a Microsoft. Além de ter adquirido recentemente os direitos sobre o Skype, a companhia de Redmond é uma das principais acionistas do Facebook.

Cupons de desconto TecMundo: