O Facebook não é estranho a tentativas de bater de frente com o Snapchat: em tempos recentes, a rede social apostou tanto no Poke quanto no Slingshot para fazer essa tarefa, falhando em ambas as vezes. Aparentemente indisposta a desistir da ideia, a rede social agora tenta atingir o público de mercados emergentes com o lançamento do Flash.

Criado tendo em mente locais marcados por conexões de internet mais pobres e celulares com hardware mais modesto, o novo aplicativo divulga o fato de ocupar menos de 25 MB como uma de suas principais qualidades. Voltada inicialmente para o público brasileiro, a novidade traz exatamente aquilo que se espera de uma opção da categoria, incluindo a capacidade de compartilhar vídeos curtos com contatos.

Escolhemos o Brasil porque o povo é muito criativo

“Escolhemos o Brasil porque o povo é muito criativo”, afirmou ao Estadão o engenheiro de produto do Facebook George Wang. Até o momento, a rede social não tem qualquer plano de trazer o aplicativo para outros mercados — algo que faz sentido quando levamos em consideração que o Snapchat tem 60 milhões de usuários diários nos Estados Unidos e no Canadá.

O produto foi desenvolvido com o objetivo de poupar dados, baixando conteúdos sob demanda quando você não está usando redes WiFi. Compatível com o Android 4.1 ou superiro, a novidade também pode ser usada de forma offline, enviando seus conteúdos para a rede quando uma conexão estiver disponível.

O Flash faz parte da estratégia da empresa em apostar cada vez mais na produção de vídeos, algo que já se traduziu na introdução do sistema Stories no Instagram. Levando em consideração a capacidade da companhia em crescer em mercados emergentes, tudo indica que esse pode se provar mais um produto de sucesso em seu portfólio. O app já está disponível para download através da loja Google Play.

Cupons de desconto TecMundo: