Depois de basicamente embutir boa parte do Snapchat dentro de uma seção extra do Instagram, agora o Facebook se prepara para trazer outro dos recursos de seu concorrente ao Messenger. Em uma postagem feita na própria rede social nesta quinta-feira (1º), a empresa anunciou a chegada da ferramenta de Instant Video ao mensageiro instantâneo, oferecendo uma alternativa bem mais dinâmica às chamadas de vídeo tradicionais.

A funcionalidade é bem semelhante às ligações implementadas há alguns bons anos no app preferido de 11 entre cada 10 jovens – sim, amigos, o Snapchat – e não tenta substituir as videochamadas adicionadas em 2015 ao aplicativo de chat de Mark Zuckerberg. Segundo a companhia, a ideia é que o recurso sirva para compartilhar pequenos momentos com os amigos, seja um desabafo rápido no meio de uma reunião – quando não dá para ficar papeando muito – ou um pedido de ajuda para escolher qual sorvete comprar no mercado.

Espere o ícone pulsar para usar o novo recurso

O modo como a brincadeira funciona, aliás, estimula naturalmente os internautas a usarem a nova funcionalidade apenas quando a conversa já estiver em andamento. Se você clicar no ícone da câmera no início de um bate-papo, por exemplo, o programa entende que o usuário quer ativar uma conversa ao vivo. No entanto, basta trocar algumas palavras com o seu contato para que o atalho comece a piscar e, ao ser tocado, inicie uma transmissão unilateral em vídeo, que aparece para a outra pessoa como um quadro extra na janela de chat.

Caso a sua contraparte queira, também pode responder às suas mensagens do mesmo modo, criando uma espécie de box paralelo como no recurso PiP das TVs – com essa janela extra podendo ser movida livremente pela tela do seu dispositivo. Vale notar que, por padrão, o recipiente confere o material sem som até que escolha ativar o áudio, evitando alguns bons sustos aos desavisados no meio de uma conversa pelo mensageiro.

Disputa acirrada

A ferramenta quer facilitar o bate-papo em vídeo

De acordo com a publicação de anúncio da ferramenta, o objetivo do Facebook com o Instant Video é fazer com que transmissões ao vivo em vídeo sejam tão fáceis para o público “quanto enviar um sticker ou emoji”. Com a demanda cada vez maior desse tipo de mídia por parte da galera aficionada por tecnologia e comunicação – e com muitos concorrentes saindo na frente ao apresentar novidades –, fica difícil discordar da mais recente estratégia da equipe de Zuckerberg.

Além disso, não é raro que a companhia pegue “emprestado” recursos de competidores diretos e os coloque contra a parede quando não consegue, digamos, adicioná-los às suas fileiras. Outro alvo da nova funcionalidade pode ser o recém-lançado Google Duo, que dispensou recursos avançados de outros produtos da Gigante das Buscas para oferecer uma maneira fácil de realizar videochamadas. E aí, quem você escolhe nesse verdadeiro mar de opções?

Cupons de desconto TecMundo: