Enquanto a Google tem um histórico nada favorável de adquirir empresas menores e startups apenas para descartá-las posteriormente – se aproveitando de uma ou outra tecnologia desenvolvida pela marca –, o Facebook parece seguir o caminho inverso. Desde que a companhia comprou a Oculus VR, por exemplo, sua equipe vem trabalhando para integrar recursos de realidade virtual a outros produtos da casa. A novidade em relação ao tema, agora, é o anúncio do suporte a fotos 360º na timeline da rede social.

De início, pode parecer algo forçado apenas para ajudar a emplacar a tecnologia utilizando uma marca forte entre o público, mas basta conferir alguns números divulgados pelo time de Mark Zuckerberg para ver que a estratégia faz bastante sentido. Em um relatório inédito liberado na última quarta-feira (11), o Facebook afirma, por exemplo, que mais de 1 milhão de proprietários do Samsung Gear VR – que conta com a ajuda da Oculus no desenvolvimento – acessam o dispositivo mensalmente, gastando em média 25 minutos diários nele.

Basta virar o celular para conferir imagens em 360 graus

Assim, com um público crescente em vista, pouco tempo depois de implementar o recurso de vídeos esféricos no site, a rede favorita de muitos internautas vai receber a ferramenta que está sendo chamada de “360 Photos”. Diferentemente de todo o equipamento necessário para gravar clipes que podem ser admirados de todas as direções – que, geralmente, são caros e dão muito trabalho para o usuário –, as fotos em 360º exigem apenas um celular comum com iOS ou Android instalados para serem produzidas e postadas na rede social.

Isso porque vai ser necessário apenas utilizar um aplicativo nativo – como o Google Photo Sphere – ou soluções de terceiros para capturar cenas amplas e fazer a alegria de quem adora consumir conteúdo VR na web. Sim, se depender do Facebook, seus panoramas não vão parecer aquela ideia boa, mas que tem pouca – ou nenhuma – aplicação prática, apenas pegando poeira no armazenamento do seu smartphone.

Caso esteja com o Oculus Rift ou o Gear VR sobre os olhos, basta virar a cabeça na direção certa para se sentir no local clicado por amigos, parentes ou pessoas do outro lado do mundo

Conferir o material também não vai requerer prática ou habilidade, já que vai seguir os mesmos passos do que já é feito atualmente no app para plataformas mobile: deslize o dedo pela tela para olhar o ambiente ao redor ou mova fisicamente o dispositivo para ter o mesmo resultado. Caso esteja com o Oculus Rift ou o Gear VR sobre os olhos, basta virar a cabeça na direção certa para se sentir no local clicado por amigos, parentes ou pessoas do outro lado do mundo. A expectativa é de que a novidade comece a ser distribuída ao longo das próximas semanas.

Você possui algum dispositivo de realidade virtual em casa? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: