No final do ano passado, tivemos a oportunidade de analisar o EVGA TORQ X10 Carbon e ficamos impressionados com a qualidade desse mouse. Além de um visual estonteante e um ótimo desempenho, o conjunto ainda recebe apoio de um programa robusto e ideal para configurar todas as suas opções – o EVGA Unleash Software.

Agora, recebemos para análise o irmão gêmeo desse mouse, o EVGA TORQ X10. Diferente do modelo Carbon, essa variante aposta em uma pegada mais modesta, adotando o plástico com uma textura fosca onde estava localizado o material à base de carbono.

Se por um lado isso diminui um pouco a elegância e resistência do acessório, por outro podemos dizer que apenas o visual foi alterado. Todas as outras qualidades foram mantidas, bem como um dos únicos pontos negativos desse mouse – a tampa para ajuste dos pesos. Quer saber quais são as nossas opiniões sobre o EVGA TORQ X10? Então fique ligado em nossa análise!

Especificações técnicas do EVGA TORQ X10.

Especificações técnicas do EVGA TORQ X10

  • Design: ambidestro
  • DPI máximo: 8.200 (ajuste On-the-fly)
  • Tipo de sensor: laser (Avago 9800)
  • Tipo de botão principal: Omron – até 20 milhões de cliques
  • Botões programáveis: 9
  • Frequência: 1.000 Hz
  • Cor de LED: vermelho, verde, azul, amarelo, laranja, rosa, roxo
  • Tipo de Pé: Baixa Fricção PTFE
  • Número máximo de perfis: 5 (512K Onboard)
  • Altura: 38,86 mm
  • Comprimento: 117,86 mm
  • Largura: 57,15 mm
  • Peso: 121/134 gramas (depende do ajuste de pesos / sem o cabo)

EVGA TORQ X10.

Design

O TORQ X10 e o TORQ X10 Carbon foram os acessórios que inauguraram essa linha da EVGA. A pegada é muito agressiva e aposta em linhas firmes que ornam muito bem com o estilo de jogadores de PC. Um dos maiores pontos positivos é a construção ambidestra, o que favorece jogadores canhotos e destros com botões duplos nas duas laterais.

Na parte de cima, o material apresenta vários pontos que proporcionam maior aderência à mão de quem utiliza o mouse. Diferente dos modelos X5, X5L e X3, essa peça superior não cobre toda a extensão do acessório, pois há um espaço que serve para ajustar o perfil de altura do TORQ X10.

EVGA TORQ X10.

Esse detalhe, inclusive, é um dos maiores destaques dos modelos superiores da linha da EVGA. O ajuste, realizado por uma ferramenta que acompanha o conjunto, permite adaptar o formato para que o perfil fique mais alto que o tradicional. Além disso, o outro chamariz do TORQ X10 é a configuração de peso.

Há espaço para dois pesos sob a tampa superior, e o conjunto acompanha pares de peças de 2, 4 e 6 gramas. Na hora do ajuste, deparamo-nos com um dos únicos aspectos negativos do TORQ X10. Assim como acontece no modelo Carbon, retirar a cobertura na parte de cima não é uma tarefa simples e dá medo de quebrar o plástico no processo.

EVGA TORQ X10.

Ainda na parte de cima, encontramos o scroll e os dois botões de ajuste de perfil, outra diferença para os modelos mais modestos. No X5, X5L e X3, há apenas uma tecla para configurar o DPI.

Nas laterais do EVGA TORQ X10, o plástico fosco oferece um repouso simples para os dedos que não estão sobre o botão principal. Os acionadores duplos de cada lado são bastante acessíveis tanto para destros como para canhotos.

EVGA TORQ X10.

No geral, o design desse acessório agrada bastante e a possibilidade de ajustar o perfil é um dos aspectos que mais se destaca. O visual é bonito e os botões do tipo Omron são de qualidade e provavelmente vão conseguir aguentar muitos anos de jogatina. Os LEDs, estrategicamente posicionados no TORQ X10, complementam a aparência do mouse e a experiência de uso durante os games.

Desempenho

Como dissemos, com exceção do design, todos os outros aspectos do EVGA TORQ X10 são idênticos ao do modelo Carbon. Portanto, também podemos dizer que ficamos muito satisfeitos com a utilização desse acessório em nossos testes.

EVGA TORQ X10.

Com um sensor laser capaz de chegar a até 8.200 DPI, o TORQ X10 oferece um ótimo desempenho em qualquer gênero de jogo. Experimentamos ele em games FPS, MOBA, MMORPG, RTS e ação e ficamos muito satisfeitos com os resultados. A diferença para um acessório convencional é gritante, tanto em precisão quanto no quesito estabilidade.

Os botões configuráveis são detalhes que ajudam em alguns gêneros específicos. Com eles, dá para usar poções, acionar habilidades e muitas outras funções que, se buscadas no teclado, podem representar uma perda de tempo muito grande para o jogador.

EVGA TORQ X10.

O sensor laser (Avago 9800) capaz de chegar a até 8.200 DPI é um verdadeiro exagero para a maioria dos consumidores. Entretanto, essa característica vai agradar aqueles que necessitam que essa especificação alcance valores altos. Usuários convencionais vão ficar satisfeitos com uma configuração que fique entre 1.000 e 2.000 DPI, intervalo no qual o TORQ X10 funciona muito bem.

EVGA Unleash Software

Apesar de apresentar o mesmo nome, o software de configuração do TORQ X10 – assim como do TORQ X10 Carbon – não é o mesmo usado para o TORQ X3 e X5 e X5L. Entretanto, a interface do EVGA Unleash Software é muito semelhante em ambos os casos, assim como a quantidade gigantesca de opções para quem quer configurar o acessório.

Ao abrir o software, damos de cara com aquela tradicional imagem do mouse e seus botões programáveis. Aqui, são nove no total e todos podem ser ajustados para realizar funções diversas dependendo o programa em execução.

EVGA Unleash Software.

Além das configurações dos botões, o EVGA Unleash Software ainda oferece a configuração manual de DPI, a criação de macros e o gerenciamento de até cinco perfis diferentes. A vantagem é que todos esses ajustes podem ser armazenados na pequena memória onboard que acompanha o acessório.

Vale a pena?

Da mesma forma que todos os outros mouses da EVGA, o TORQ X10 se destaca no segmento de acessórios gamers. O visual é o aspecto que mais chama atenção dos consumidores por oferecer uma pegada agressiva e que provavelmente vai agradar a maioria dos jogadores. O design é bonito e realmente o diferencia dos outros produtos dessa categoria.

EVGA TORQ X10.

Quando comparado ao TORQ X10 Carbon, apenas o visual pode ser apontado como única diferença. A presença de um revestimento em carbono agrada pela elegância e resistência, mas não oferece vantagens em outros campos. Portanto, quando o assunto é a jogatina, não faz diferença escolher entre um e outro.

Falando nos games, o mouse também é a estrela quando usado na função para a qual foi projetado. O TORQ X10 oferece um ótimo desempenho durante a jogatina, e os gamers que usam um acessório tradicional vão sentir isso mais do que nunca. A precisão e a estabilidade são os aspectos que mais se destacam nesse momento. O EVGA Unleash Software é um adicional interessante ao conjunto e ajuda a explorar ao máximo todas as opções que esse mouse oferece.

EVGA TORQ X10.

Mesmo para atividades tradicionais em frente ao computador, como a simples navegação em páginas webs, é muito agradável usar o TORQ X10. O único ponto negativo que podemos destacar nesse acessório é a tampa superior, que é difícil de abrir e muito pouco prática.

No geral, podemos dizer que o TORQ X10 é um excelente mouse gamer. Se você está em dúvida entre adquirir este ou o modelo Carbon, saiba que não haverá diferença no que diz respeito ao desempenho e software de configuração. Resta apenas saber se você prefere um revestimento em carbono mais resistente e elegante, o que pode significar um investimento um pouco maior. De qualquer forma, dificilmente você vai se arrepender de sua compra.

EVGA TORQ X10.

Cupons de desconto TecMundo: