Nesta terça-feira (03), começou em São Paulo a oitava edição da Campus Party Brasil. Diferente dos anos anteriores, agora o evento possui um tema principal: os 150 anos do aniversário da publicação do livro “Da Terra à Lua”, de Júlio Verne. Como não poderia deixar de ser, os palcos e a temática giram em torno de galáxias, estrelas, planetas e do próprio cosmo.

Este ano também marca a volta da Campus para o São Paulo Expo (Imigrantes), que ocorre de 3 a 8 de fevereiro. O local conta com 64 mil m² e serão aproximadamente 700 horas de atividades que abrangem workshops, oficinas de desenvolvimento e palestras com grandes nomes da informática e da ciência.

Embora a área reservada para os campuseiros e as palestras principais sejam pagas, há também a Open Campus, um local livre para o público em geral.

Palcos estrelares

No total, a Campus Party terá 10 palcos, são eles: Terra (palco principal), Júpiter (desenvolvimento), Lua (empreendedorismo), Vênus (criatividade), Marte (jogos e simulação), Netuno (redes e segurança), Saturno (makers), Urano (software livre), Mercúrio (redes sociais) e Sol (ciência).

Além desses, o evento também conta com mais três palcos de workshop e do Cross Space, uma área inteiramente dedicada a debates, warm ups, mesas livres, hackathons (competições de programação e desenvolvimento) e diversas apresentações.

Espera-se que a oitava edição da Campus Party brasileira receba 100 mil visitantes, sendo 8 mil deles os próprios campuseiros.

As estrelas do show

Os convidados da Campus Party estão bem variados, mas indicam uma tendência pelo aprofundamento em ciências e negócios. O astronauta Red Weiseman estará presente para falar de sua vivência com a NASA e da expedição 41, que o levou para Estação Espacial Internacional.

Matthew F. Reyes, CEO da empresa Exploration Solution e pesquisador da NASA, também contará sobre sua relação com astronomia.

Figura carimbada nos eventos brasileiros, Paul Zaloom (protagonista do seriado “O Mundo de Beakman) vai falar um pouco mais sobre sua paixão por ciência e como seu seriado influenciou a garotada na década de 90.

Representando os palestrantes brasileiros, o neurocientista Miguel Nicolelis revelará detalhes sobre o projeto “Andar de novo”, o qual propõe a criação de um exoesqueleto controlado pela mente e que possibilitaria que pessoas paraplégicas voltem a caminhar.

Com apenas 13 anos, Shubham Banerjee já possui uma empresa no Vale do Silício, na Califórnia, a Braigo Labs Inc. Foi ele o responsável pela criação do Braigo (Braile + Lego), uma impressora de braile feita a partir de peças de Lego. Agora, ele também estará presente na Campus para narrar sua experiência nos negócios e de seu sucesso precoce.

Conhecido como o “Zuckerberg Italiano”, Matteo Achilli, aos 22 anos, criou a Egomnia e conseguiu destaque quase que imediato. No entanto, sua rede social é focada no reposicionamento de pessoas no mercado de trabalho, estabelecendo assim uma ponte entre funcionários e empresas. Só na Itália, o portal já conta com 330 mil membros e             8 mil empresas cadastradas. No dia 5, ele dará uma palestra sobre empreendimento e negócios.

Além desses convidados, também estarão presentes no evento Gary Whitehill, Jonathan LeBlanc, Leo Burd, Dado Schneider, Gina Gotthilf, John Cioffi, Ime Archibong, Camille François, Bas Lansdorp e Chris Anderson.

Cupons de desconto TecMundo: