A morte é imperdoável e leva embora todos os nossos ídolos. É cruel com artistas, atletas, escritores e competidores. Ela representa o “fim da linha” para todos nós, mas alguns conseguem ultrapassar essa barreira e mantêm a sua lembrança por meio das suas obras. Para um jogador profissional, não é a partida que o torna imortal — esta é momentânea e acaba em questão de minutos. Ele será eternamente lembrado a partir do momento que você toca o “replay”.

Três anos atrás, o cenário profissional de Warcraft 3: Frozen Throne perdia um dos seus jogadores mais inspiradores: o sul-coreano Seung “Space” Hyun Park. Assim como muitos outros, ele viveu para deixar sua marca entre os melhores estrategistas do game. E teria feito muito mais, se a própria vida não limitasse as suas conquistas.

Space se tornou um jogador profissional de video game mesmo com uma doença degenerativa que se revelou aos 11 anos e limitou, pouco a pouco, todos os seus movimentos do corpo. Nos estágios mais avançados da doença, ele só conseguia mexer seus pulsos e seu pescoço, limitando muitos movimentos por cima do teclado.

Para alguém apaixonado por games de estratégia, isso era extremamente trágico. Em Warcraft 3, é preciso ter controle preciso e rápido de muitas unidades na ponta dos dedos, e competidores atingem isso por meio de 400 a 500 ações por minuto. Eles assimilam grupos e unidades nas teclas para agilizar o controle no meio das batalhas e usam atalhos para realizar ações rápidas. Space não conseguia fazer isso, e mesmo assim se tornou um dos melhores jogadores do game na Coréia do Sul.

Space na Road of the Kings, realizado em 2008 em Wuhan, na China

Ele também era um mestre da raça dos mortos-vivos (“Undead”, do inglês). Dentro do game, a facção é conhecida por reviver esqueletos a partir dos inimigos mortos e combater na defensiva, apostando em combinações de unidades fortes e capazes de se regenerar. Apesar dessas características, Space era agressivo. Ele não tinha medo de combater o oponente mesmo com todas as desvantagens possíveis.

Ele participou de grandes torneios internacionais na China e representou até mesmo a Fnatic, uma das maiores organizações de eSport da Europa. Com muito esforço, também se manteve no topo por muito tempo, até que a doença inevitavelmente tirou a chance de continuar suas conquistas e o levou no dia 7 de maio de 2013.

“Space foi um exemplo vivo da coragem e do poder dos humanos”, comentou, na data, o manager da Fnatic Elroy “Noname” Pinto. “Se tinha algo que desejava era a igualdade entre ele e qualquer outra pessoa”. E foi exatamente o que conseguiu: mesmo sabendo das dificuldades, os adversários e as maiores lendas do Warcraft 3 lutavam com tudo para honrar a determinação do jogador.

Space, no fim, superou os limites da vida e da morte dentro — e fora — do jogo. Mostrou o potencial dos Undead e lutou com eles até quando muitos diziam que essa era a raça mais fraca de Warcraft 3. Atravessou a barreira imposta pelo tempo e ainda é lembrado por muitos como um dos maiores exemplos de competidores que o mundo do eSport pode ter.

O Match Point é um espaço no TecMundo e no TecMundo Games dedicado para discutir o eSport e os games competitivos toda sexta-feira, trazendo também estratégias, curiosidades, campeonatos e jogadas inesquecíveis dos mais diversos títulos. O colunista Maximilian Rox acompanha o cenário há mais de oito anos como jogador, redator, manager e entusiasta por toda essa trajetória.

Replay da semana

Para honrar a memória de Space, hoje trazemos algumas partidas na época de ouro da sua participação nos campeonatos coreanos. Além da participação na Road of the Kings pela fnatic (cuja foto está logo acima), ele posteriormente representou a organização Mojawi ao lado de outras lendas como Park Chul "Shy" Woo e Hyo "FoCuS" Sub.

Nesse período, ele também conseguiu a quarta colocação na quinta temporada profissional da XP League. Na ocasião, ele enfrentou dois dos mestres orcs do país e se desenvolveu muito bem mesmo com o estado avançado da sua doença e da dificuldade dos Undead em enfrentar a Horda.

Além do vídeo abaixo destacando uma das suas vitórias, você confere a relação completa das suas partidas na lista abaixo:

Descanse em paz, Space.

Publicações anteriores:

Cupons de desconto TecMundo: