Alguns jogadores de Street Fighter V conhecem bem a janelinha com os dizeres “a conexão com o oponente foi perdida” — muito característica daqueles adversários que cortam a internet antes do jogo calcular a derrota para a sua conta. No entanto, esses trapaceiros precisam tomar cuidado nas próximas semanas, pois a Capcom anunciou por meio do seu Twitter que já está tomando providências para punir os rage quits dentro do game de luta ainda no mês de abril.

Os detalhes e as punições, no entanto, ainda não foram anunciadas pela empresa. Até o momento, os jogadores que deixassem a partida podiam ser denunciados diretamente para o estúdio, mas precisavam de um vídeo comprovando o ato.

Agora, é esperado que o próprio sistema adote penalidades rígidas para os rage quiters, como restrições do modo online por um período de tempo ou até a perda massiva dos pontos de liga (ou League Points, que determinam o ranking do jogador).

Recentemente, a Capcom também admitiu ter “subestimado” o modo singleplayer de Street Fighter V. A última atualização aconteceu no final de março, liberando os modos de desafios, a loja e o personagem Alex dentro do jogo.

Como tem sido a sua experiência com Street Fighter V? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: