Heroes of the Storm recebeu, na tarde da última terça-feira (29), uma das atualizações mais esperadas pela comunidade do MOBA da Blizzard. Depois de várias semanas sem grandes novidades, os jogadores agora podem experimentar um novo mapa e um novo herói para acompanhar as batalhas do Nexus.

Além da estreia de novos conteúdos, a equipe de desenvolvimento também focou em remodelar a interface e as habilidades de muitos heróis. A mudança englobou personagens pouco e muito contestados no cenário profissional, como Gasganete e Kael’Thas, respectivamente.

Para situar os jogadores de tantas novidades, preparamos uma rápida lista com as principais mudanças que aconteceram dentro do Nexus. Confira logo abaixo!

1. Novo mapa com gostinho de ARAM

Foco do mapa está nas brigas constantes

A Caverna Perdida chegou para Heroes of the Storm, trazendo um mapa com uma só rota para os jogadores batalharem. Apesar do espaço pequeno, há várias rotas alternativas que permitem estratégias variadas de movimentação para os dois times.

Outra característica única desse cenário é que as pedras de regresso (Hearthstone) são desabilitadas. Além disso, a área inicial não cura os jogadores, deixando isso para pequenos globos que aparecem pelas trilhas.

Essa estrutura lembra muito o modo ARAM (All Random All Mid) de alguns MOBAs. O objetivo, assim como nesse mapa, é facilitar a batalha constante e a ação frenética entre os jogadores.

2. Novo herói: Dehaka

Direto de StarCraft, Dehaka chega no MOBA da Blizzard

O Líder da Matilha Primeva chegou para Heroes of the Storm. Conhecido como um dos zergs primordiais, o herói entra para exercer a classe de Guerreiro no MOBA.

Suas habilidades incluem a possibilidade de entrar no chão e surpreender os adversários, além da coleta de essências para curar a si mesmo ou sua equipe. Para completar sua lista de magias básicas, Dehaka também estica a língua para açoitar um inimigo e imobilizá-lo por um curto período de tempo.

Uma das poderosas habilidades heroicas inclui uma biomassa em área que danifica, silencia e desacelera os inimigos. A outra opção é uma magia que retorna 60% de todo o dano recebido como vida para o seu herói.

3. Bans nas partidas ranqueadas

Sai daqui, Tassadar

Aí está um dos recursos mais pedidos pela comunidade. A partir de agora, será possível banir heróis na fase de escolha de personagens para as partidas ranqueadas e personalizadas.

Isso permite tirar aquelas opções mais “roubadas” ou desiquilibradas do metagame, como foi o caso recente de Tyrande que se destacou — e muito — nas partidas profissionais de eSports. Ou retirar aquele boneco chato que você não consegue lidar direito (olá, Suturino).

Os banimentos acontecerão em duas fases, sendo a primeira antes da escolha de heróis e outra durante o processo.

4. Mais novidades na interface

Partidas personalizadas contam com opções de bans para partidas de eSports

As salas para a criação das partidas receberam um visual mais refinado, assim como as telas de seleção de heróis. Os jogos personalizados agora contam com opções atualizadas para corresponder aos bans em partidas profissionais.

Dentro das partidas, o jogo agora oferece a Recapitulação de Morte, mostrando um gráfico da vida restante do jogador ao longo do tempo. Além disso, essa estatística informa todas as fontes de dano e cura durante os últimos momentos antes da morte.

5. Illidan remodelado

Pronto para bombar em Heroes of the Storm e World of Warcraft: Legion

Com uma fúria de dez mil anos, Illidan sofreu muitas mudanças para beneficiar a sua atuação em mais momentos dentro das partidas. Muitos talentos foram removidos para a entrada de novas especializações que focam em seus ataques básicos.

Além disso, a vida base do herói aumentou, bem como sua regeneração e velocidade de ataque. Suas habilidades básicas sofreram uma série de mudanças em números, favorecendo “builds” que buscam ampliar o dano do seu ataque básico.

Em nota, a equipe de desenvolvimento citou que o objetivo era “incorporar de verdade o limite de habilidade requerido para jogar com Illidan sem que ficasse muito difícil de pegar o jeito”. Segundo eles, “alguns dos talentos dele agora são mais difíceis de executar, mas oferecem bônus maiores se você conseguir.”

6. Muitas mudanças nos talentos e heróis

Heróis sofreram várias mudanças nessa atualização

Kael’Thas, Gasganete, Sylvana e Tychus foram outros embaixadores na completa remodelação dos talentos em Heroes of the Storm. De uma forma resumida, seguem abaixo algumas das principais novidades:

  • Kael’Thas: perdendo o talento Envenenar (que dava muita força para seu "burst") e um pouco de dano com o Golpe Flamejante (Q), o mago conta com habilidades que geram escudos e outras utilidades diversas com sua habilidade passiva;
  • Tychus: perdendo e ganhando talentos interessantes, o atirador de metranca pode causar até 1% da vida dos adversários por acerto com seu novo talento de nível 20 — além de pequenos danos extras em suas outras habilidades;
  • Gasganete: mais dano com suas habilidades, mas o foco está na utilidade e na força das torres do goblin;
  • Sylvana: outra que perdeu o talento Envenamento, mas com pequenos buffs de dano em suas magias principais. Destaque para a nova magia heroica, que permite controlar um herói inimigo por 2,5 segundos.

Vários outros heróis sofreram pequenas alterações. A lista completa de mudanças você confere na Battle.net. Outro MOBA que recebeu um patch de peso nas últimas semanas foi League of Legends, e você confere todas as novidades da última atualização da Riot Games aqui mesmo no TecMundo.

Qual é o melhor MOBA? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: