(Fonte da imagem: Popsci)

Jason Woods, estudante da New Technology High School, criou o primeiro body board motorizado. O aparelho, batizado de Kymera Body Board, pesa aproximadamente 16 quilogramas e teve um custo de desenvolvimento de US$ 40 mil – equivalente a R$ 64 mil sem o cálculo de impostos.

Morador da cidade de Napa, no estado da Califórnia (EUA), o inventor teve a ideia de combinar um equipamento transportável com um motor após comprar um jet ski, o qual dava a ele muito trabalho e custo para locomoção.

O Kymera Body Board possui um motor à gasolina de dois tempos com 26 cilindradas e 5 cavalos de potência e uma bomba de jato de grande volume, a qual expele a água para criar pressão, deslocando o equipamento com a pessoa e desviando uma pequena quantidade de água para resfriar o motor. O body board motorizado chega a atingir até 24 km/h.

(Fonte da imagem: Popsci)

O próximo modelo do equipamento, já em construção, deverá utilizar um motor híbrido (usa gasolina ou eletricidade como combustível) e atingir uma velocidade de 40 km/h. Woods acredita que, com produção de larga escala e substituição de alguns componentes, o Kymera poderia ser vendido a US$ 1 mil – cerca de R$ 1,6 mil sem o acréscimo de taxas de importação e impostos.

Cupons de desconto TecMundo: