Acumuladores: você pode nunca ter ouvido falar nesse termo, mas provavelmente imagina o que ele significa. Essa palavra, quase autoexplicativa, designa aquelas pessoas que gostam de guardar qualquer tipo de coisa com a falsa esperança de que utilizarão aquilo algum dia.

Com a popularização dos computadores e da internet, essa condição ganhou outras proporções, e acabaram surgindo os "acumuladores digitais". Esses indivíduos simplesmente guardam os mais variados tipos de objetos, sejam eles físicos ou virtuais.

Resolvemos conduzir um estudo baseado em teorias totalmente infundadas e sem comprovação científica nenhuma para entender melhor como essas pessoas se comportam. Tentaremos descrevê-las e, se descobrirmos uma solução para o problema delas, pensaremos se vamos divulgar ou não o método para os nossos leitores.

Não se assustem se alguma descrição parecer familiar. Afinal, os acumuladores digitais podem estar em qualquer lugar. Podem, inclusive, estar sentados no banco em que você está e lendo exatamente este trecho do texto. Portanto, cuidado!

1. Jogos, jogos e mais jogos

Frases típicas de um acumulador de jogos:

  • “Ah, tá barato mesmo. Vou comprar. Um dia, quem sabe, eu jogo”.
  • “Nossa! Mais um game na faixa? De graça, até injeção na testa”.

Esses indivíduos não têm cura. Os gamers compulsivos se veem na ânsia de aproveitar todos os jogos que encontram pela frente. Pacotes de promoção contendo vários títulos são só algumas das “drogas” que esses usuários mais consomem. Isso sem falar naquelas opções que são disponibilizadas gratuitamente por algumas empresas muito sacanas.

E para quê? Só para coçar a mão e forçar esses acumuladores a adicionar mais um game à lista que já é incontável. De acordo com cálculos precisos realizados por estagiários do curso de Matemática na Universidade da Vida, seriam necessárias mais de 96 vidas para conseguir fechar todos os títulos da lista de games de um típico jogador encontrado trancado nos quartos mofados de uma casa.

2. Arquivos, arquivos e mais arquivos

Esse tipo de acumulador digital possui várias facetas: uma das mais comuns se refere àqueles que acumulam fotos. E o que eles geralmente dizem? “Um dia eu organizo tudo isso em álbuns, separando por ocasião, lugar e aquelas com pessoas que eu detesto, mas que eu fico com dó de apagar porque eu fiquei bonito na foto”.

Na tentativa de realmente dar um jeito nesse amontoado de imagens, o sujeito vai lá, seleciona todos os arquivos de uma determinada ocasião e renomeia para “fotos_natal_2009”. O resultado? Um bagunça de “fotos_natal_2009 (1)”, “fotos_natal_2009 (2)”, “fotos_natal_2009 (3)”... Isso quando o sujeito não é preguiçoso e deixa naquele formato bastante amigável: “20141103_132517.jpg?w=700”. Aí fica uma beleza.

Isso porque nem falamos nos acumuladores de filmes, séries, livros digitais, arquivos de backup e outras tralhas que infestam os HDs dessas pessoas. E o pior de tudo? Elas geralmente deixam essas tranqueiras na Área de trabalho, transformando esse espaço em um verdadeiro campo minado de dados.

3. Acumuladores fanboys

  • “Saiu um novo aiFone! Eu preciso comprá-lo!”
  • “Um novo smartphone das Galáxias? Eu quero!”

Essas são frases típicas de acumuladores fanboys que, quando vêm um lançamento, logo tiram o dinheiro de seus cofrinhos para comprar os novos gadgets. E se engana quem pensa que faz parte desse grupo apenas a camada mais abastada da sociedade. Há pessoas que venderiam um rim para poder pegar a última novidade do mercado.

Quando esses acumuladores se dão conta, suas prateleiras estão cheias de eletrônicos que eles nem puderam aproveitar direito. Caixas e mais caixas se amontoam porque eles também ficam com dó de jogá-las fora. Esses acumuladores ficam pobres, mas não aceitam ficar sem o último lançamento do mercado. Pobres fanboys...

4. Acumuladores de troféus, medalhas e coisas do gênero

Outro tipo de acumulador que não tem solução: esses não descansam enquanto não atingirem 100% em todos os títulos que jogam. E sabe quando eles vão conseguir isso? De acordo com outra resposta dada com uma precisão invejável por nossos estagiários: nunca!

Esses coitados chegam ao cúmulo de se esquecer de alimentar os seus pobres animais para ficar coletando medalhas do tipo: “termine o jogo utilizando apenas a mão esquerda”, “colete 35 mil estrelas brilhantes em menos de um minuto antes que o sol se ponha no dia em que o título completar um ano de existência” ou “fique conectado no jogo por, pelo menos, 720 horas”. E o cãozinho passando fome.

Problema sério: procure ajuda do TecMundo

Apesar do aparente tom de brincadeira, o assunto é sério. Entrevistas concedidas aos nossos repórteres formados na Universidade da Vida apontam que muitos relacionamentos já terminaram por causa de acumuladores digitais. Isso sem contar os inúmeros problemas familiares que surgiram por causa desse tipo de pessoa.

Se você está passando por esse tipo de situação, entre em contado com o TecMundo. Nós também sofremos desse mal e juntos poderemos acumular muito mais coisas! Ou quem sabe procurar ajuda profissional para resolver o nosso problema...

.....

Atenção: este artigo faz parte do quadro "Erro 404", publicado semanalmente no Baixaki e no TecMundo com o objetivo de trazer um texto divertido aos leitores dos sites. Algumas das informações publicadas aqui são fictícias, ou seja, não correspondem à realidade.

Ilustrações por: Aline Sentone

Cupons de desconto TecMundo: