Faz uma semana que o Facebook Home chegou aos smartphones Android mais poderosos. E, como você deve estar imaginando, os brasileiros já estão dominando o sistema, personalizando seus celulares e fazendo com que o Facebook Home se transforme em uma ferramenta única. Mas é claro que há muitos padrões de utilização na rede social, sendo que eles também podem ser vistos no novo Home.

Estamos falando de alguns perfis genéricos que podem ser vistos inúmeras vezes por aí. Sabe do que estamos falando? Provavelmente você já tenha se deparado com alguns dos estereótipos mais divertidos das redes sociais. Agora, vamos ver como vai ser a adaptação deles aos novos padrões do Facebook Home.

Garota pop-pop-pop

O que é ser pop? É ser popular, como você já deve estar cansado de saber. E você também deve saber que, para ser popular, é preciso seguir alguns padrões estabelecidos pelo circuito social em que está inserido — e isso vale até mesmo para quem quer ser popular nos grupos menos populares. No Brasil, ser pop significa ter muitos amigos (no Facebook) e gostar das coisas que estão na moda.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

E um perfil Pop na rede social deve seguir esses padrões. Uma garota pop é, na maior parte dos casos, bonita e possui alguns milhares de amigos — 90% homens, que adicionaram a garota achando que havia alguma chance de que ela os percebesse —, mesmo que não conheça a maioria deles. Apesar de algumas serem muito inteligentes, raros são os assuntos relevantes postados.

Quando o Pop é um homem, geralmente compartilha imagens sobre “Maromba” e passa muito tempo apagando comentários de outros rapazes que o estão xingando. Mas o padrão do Facebook Home é o mesmo! Fotos de capa e perfil iguais e “curtidas” em páginas de amigos.

“Léke! É isso, léke, né léke?”

Em Porto Alegre, os garotos são chamados de “guris”. Em Curitiba, as pessoas utilizam a palavra “piá”. Mas, em todo o Brasil, uma nova palavra tem sido utilizada para defini-los. Trata-se do termo “Lék!”, uma diminuição de “Moleque”, que serve para descrever jovens que adoram frequentar os bailes funk e também para os boleiros de plantão.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

E como seria o Facebook Home de um léke? Segundo os cálculos do Instituto Nacional de Pesquisas sobre Lékes, 93% dos léke-lelékes são fanáticos por memes, por isso há 67% de chances de a foto de capa deles ser uma estampa com “Facepalm”, “Forever alone” e outros similares. Para a foto do perfil, uma parecida com a dos “Avassaladores” é sempre bem-vinda.

O Orgulho Nerd chega ao Facebook

Já faz alguns anos que ser “nerd” deixou de ser um motivo para que as pessoas sejam humilhadas publicamente ou sofram bullying. É possível dizer que “ser nerd” esteve na moda e agora é uma posição neutra na sociedade brasileira. Mesmo com a neutralidade, ainda há muitas pessoas que gostam de fingir que fazem parte do grupo. E é fácil identificá-las.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

No Facebook Home, essas pessoas costumam utilizar fotografias retiradas de franquias de ficção científica ou então da série de comédia The Big Bang Theory — o que deixa os mais antigos com bastante raiva. As fotos de perfil fazem parte do novo estereótipo nerd — o “nerd fofinho que não entende muito de física, mas sabe fazer site!”.

Mas não entender de ciências avançada não significa que você precisa admitir isso. Por isso, se você se julga um nerd da nova era, curta todas as páginas parecidas com “Física quântica é pra quem manja”, “Química setentrional”, “Engenharia de Biomecanismos e Eletrólise Aplicada aos Transistores”. Mas pode cancelar os feeds, é só para aparecer no seu Home.

O Rei do Photoshop

O Photoshop é uma das ferramentas mais completas que já foram criadas até hoje. Mas nem todos os designers, webdesigners e criadores de montagens conseguem utilizá-la com 100% de suas possibilidades. Entretanto, é claro que existem algumas pessoas com talento sobrenatural que poderiam ser chamadas de gênios sem qualquer ressalva! São os Reis do Photoshop.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

E no Facebook Home isso pode ser visto com uma enorme riqueza de detalhes — ou de pixels, depende do talento de cada um. Serão montagens e mais montagens assolando as linhas do tempo dos seguidores. E, na capa, uma imagem com três ou mais pessoas iguais, realizando tarefas corriqueiras, é muito mais comum. Nos perfis, olhos em chamas e outros efeitos similares.

Páginas curtidas? “Photoshop”, “Eu amo o Photoshop”, “Tutoriais de Photoshop” e “Photoshop não é software, é estilo de vida”. Todas com avatares criados com o aplicativo da Adobe, é claro.

.....

Atenção: este artigo faz parte do quadro "Erro 404", publicado semanalmente no Baixaki e Tecmundo com o objetivo de trazer um texto divertido aos leitores do site. Algumas das informações publicadas aqui são fictícias, ou seja, não correspondem à realidade.

Ilustrações por: Aline Sentone

Cupons de desconto TecMundo: