(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Você deve ter visto a redundância no título desta matéria. Todo hipster é moderno. E para isso ele nem precisa gostar de coisas novas, pois também é moderno não ser moderno. Não entendeu? Então você precisa conferir o nosso manual dos moderninhos, que estão cada dia mais presentes na sociedade brasileira.

Você já deve ter visto vários hipsters por aí, mas provavelmente não sabe disso. Ou então você é um deles, pois uma das primeiras lições aprendidas na Universidade Moderninha é fingir que isso nunca existiu e nunca existirá. Como sabemos disso? Nós frequentamos aquele curso. Ou não. Será?

Gadgets a usar

Existe uma ligação direta entre os hipsters e os geeks. Por essa razão, é indispensável que um hipster esteja sempre ligado no que acontece no mundo da tecnologia e também nos video games. Além disso, gostar de música faz parte da verdadeira essência dos adeptos desse grupo — preferencialmente de bandas que ninguém mais conhece em toda a galáxia.

"Hipster tocando sua iGaita no Ibirapuera -sqn" (Fonte da imagem: iStock)

Por isso, é impossível imaginar um moderninho sem seus fones de ouvido poderosos para ouvir as músicas mais alucinantes que conhece. Vale dizer que esse fone pode ter duas variações: os oficiais da Apple (mesmo sem um iPhone) ou grandes e acolchoados. Além disso, os smartphones sempre são de última geração ou são os celulares mais antigos que conhecemos — “smartphone é muito mainstream”.

Vale dizer ainda que esse grupo que prefere os celulares mais antigos também não consegue se adaptar aos players de mídia digital. Por essa razão, eles geralmente optam por ouvir músicas em discos de vinil e gravam mixtapes para reproduzir em seus toca-fitas portáteis. O video game favorito é o Atari, e VHS é a única mídia decente para assistir a filmes.

Gostos e interesses

Um hipster jamais pode ser confundido com um hippie, por mais que a palavra tenha certa semelhança. Enquanto os hippies usavam roupas floridas e eram apaixonados pela natureza e tudo o que fosse associado a ela, os hipsters querem mesmo é sentir o cheiro doce da poluição em seus narizes — por todos os orifícios que existirem nele: as narinas e os furos dos piercings.

"Gatinha hipster! Vamos lá em casa ouvir Björk?" (Fonte da imagem: ShutterStock)

É comum encontrar hipsters tatuados, pois esse é um interesse em comum entre a maioria deles. Os que não possuem tatuagens em seus corpos pelo menos são apaixonados pelo tema e já curtiram várias páginas relacionadas no Facebook — muito antes de isso entrar na moda, é claro. E essas tattoos geralmente são relacionadas a oceanos, jogos ou música.

Apesar de a grande maioria dos vegetarianos serem chamados de hipsters, existe uma enorme confusão nesse sentido. Há cerca de três anos, começou a ser difundida no meio “moderninho”  a cultura do bacon. Por causa disso, é bem comum encontrá-los nas “Bacon Meetings”, comendo X-Bacon e vestindo camisetas com desenhos de bacon.

Vestimentas

Como já dissemos, é muito comum encontrarmos hipsters com camisetas que enalteçam o bacon — com exceção dos vegetarianos, que preferem usar camisetas com porquinhos vivos e felizes. Mas fugindo da questão sócio-camiso-ideológica, há uma certa unidade no modo como todos os moderninhos se vestem atualmente. E isso vai muito além daquela camisa xadrez que você está imaginando.

O triste momento em que você percebe que esqueceu a camisa xadrez. (Fonte da imagem: iStock)

Mas já que falamos nela, vamos começar pela camisa xadrez — lembrando que existem algumas regras para ela. Para começar, é proibido que ela seja de manga curta, porque isso pode fazer com que um hipster seja confundido com um apaixonado por sertanejo universitário. Vale lembrar que — por mais que isso não faça sentido — mangas compridas podem ser dobradas sem qualquer problema.

Para completar o vestuário, recomenda-se a utilização de calças justas — aquelas com o selo Xororó de qualidade — e sapatos bicolores. Para quem prefere tênis, opções muito viáveis são os clássicos e também o famoso calçado utilizado por Marty McFly (em “De Volta para o Futuro”). Lembrando que óculos que ocupem menos do que 40% do rosto não podem ser considerados óculos.

Frases de efeito

Os hipsters geralmente seguem alguns padrões muito interessantes em seu comportamento. É claro que não estamos falando sobre a velocidade com que andam ou sobre cores de cuecas. Mas é preciso saber que a grande maioria deles opta pelas mesmas táticas na hora de defender seus interesses — por mais que eles não sejam os mesmos. Confira agora algumas das principais frases que você vai ouvir de um moderninho:

  • Björk é muito in! Nunca vai ser out!
  • Eu já gostava de Björk antes de ser moda;
  • Não sei se compro uma calça justa ou uma camisa justa. O que a Björk faria se estivesse no meu lugar?
  • Prefiro LP. CDs tiram a qualidade da música da Björk, cara.
  • Não gostei dessa camiseta. É superoutnãobjörk;
  • Não gosto mais de Björk, ficou muito mainstream.

.....

Atenção: este artigo faz parte do quadro "Erro 404", publicado semanalmente no Baixaki e Tecmundo com o objetivo de trazer um texto divertido aos leitores do site. Algumas das informações publicadas aqui são fictícias, ou seja, não correspondem à realidade.

Ilustração: André Tachibana

Cupons de desconto TecMundo: