Nos últimos anos, a cultura nerd deixou de fazer parte de um submundo de vergonha e dor. Pois é, amigos nerds... Hoje nós estamos na moda. E isso fez com que muitas pessoas decidissem fazer parte do grupo – até mesmo aqueles não eram compatíveis com os antigos perfis, o que gerou uma série de novos subgêneros.

Foi essa nova divisão que fez com que os primeiros representantes da classe passassem a ser chamados de geeks. E você conhece os diversos tipos de nerd que existem além do já mencionado? Sabe dizer se pode ser encaixado em algum deles? Vamos conferir agora os principais subgêneros nerds que existem no mundo e descobrir se você está andando com os amigos certos.

Hipsters: “Eu já era nerd antes de ser moda”

Nerds que tocam guitarra e DJs com óculos hipster, eis o vosso grupo. Quem pensa que “nerds musicais eram bichinhos de pelúcia que faziam sua lição de casa ao ter a barriga apertada” está muito enganado. Muitas pessoas aproveitam a facilidade de aprendizado para se tornar verdadeiros gênios da música. Você não acredita que possam existir nerds nesse mundo?

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Quer um ótimo exemplo? Brian May, o guitarrista da banda Queen, construiu sua primeira guitarra sozinho. Além de ser um dos maiores ídolos da música de todos os tempos, ele ainda é um doutor em astrofísica, formado por uma renomada universidade de Londres (Inglaterra). Será que isso é o bastante para você?

Há mais provas de que há muitos nerds na música. Você já viu como são as mesas profissionais de edição e mixagem de som? Só mesmo um verdadeiro gênio consegue decifrar todos aqueles botões existentes nelas.

  • Alimentação: hambúrgueres e pizzas;
  • Equipamento essencial: guitarra de 12 cordas e mesa de som com 128 canais;
  • Músicas favoritas: Weezer e Moby;
  • Cantada infalível: “Ouve essa música que eu fiz pra você”;
  • Ataques especiais: composição no Garage Band e mixtape romântica instantânea.

Gamers: a culpa é do controle

Seja com o controle nas mãos ou usando o corpo para interagir com o Kinect, os gamers sempre sabem o que fazer. Nerds que também se incluem no grupo dos Geeks, eles conseguem desempenhar funções extraordinárias com os video games. Às vezes parece que possuem uma conexão mística com os jogos que estão desafiando.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Possuem defeitos e falhas? Claro que não. A culpa é do controle que está falhando, da conexão que apresentou instabilidade, da TV que não está com o brilho correto, do game que está bugado ou até mesmo do adversário, que deve estar utilizando um hack. Mas os gamers nunca erram em nada.

  • Alimentação: algo que não suje o controle;
  • Equipamento essencial: games e controles;
  • Músicas favoritas: as do Super Mario;
  • Cantada infalível: “Vou te salvar desse castelo, princesa”;
  • Ataques especiais: hadouken, shoryuken e tatsumaki senpuu kyaku.

Geeks: viva la tech

Este é um tipo de nerd que está se espalhando bastante nos últimos anos. Inicialmente, somente eles eram chamados de nerds, pois eram os jovens viciados em tecnologia que tinham certa facilidade em mexer nos computadores – muito antes de eles se tornarem estas maravilhas que utilizamos atualmente, o que não era nada fácil.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Tudo o que temos de estereótipos surgiu por causa dos primeiros membros deste grupo. Afinal de contas, quem vê as fotos de Bill Gates e Steve Jobs jovens não pensa outra coisa que não seja: “NEEERRRDS”. Aqui na redação do Tecmundo, esse é o tipo mais comum. Acredite, o mundo para nós está muito mais fácil atualmente – e não é exagero nenhum dizer que ser nerd está na moda.

  • Alimentação: salgadinhos e macarrão instantâneo;
  • Equipamento essencial: todos os que forem eletrônicos;
  • Músicas favoritas: Pink Floyd e outros clássicos do rock progressivo;
  • Cantada infalível: “Deixa que eu arrumo seu PC, gata!”;
  • Ataques especiais: configuração de Wi-Fi e formatação rápida.

Otakus: muito kawaii fazer parte disso

A paz mundial dura até o momento em que monstros coloridos e cheios de tentáculos caem para acabar com a raça humana, que precisa da sua ajuda – afinal de contas, você é o cara mais popular do colégio – para derrotar o mal. Depois, é só juntar esferas mágicas e pedir para um dragão salvar o mundo e ressuscitar os mortos.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Se o seu mundo funciona da mesma maneira que descrevemos acima, você é o que chamamos de Otaku. De maneira resumida, são os nerds fanáticos por desenhos (os animes) e histórias em quadrinhos (mangás) japoneses. Este tipo de nerd possui uma alegria contagiante e raramente fica triste – a não ser quando acabam as temporadas de seus animes favoritos ou quando eles perdem o concurso de cosplay.

Muitos otakus também se encaixam no perfil de gamers – principalmente aqueles que são viciados nos jogos da Nintendo. Eles se reúnem em eventos próprios, que geralmente contam com shows de música japonesa, comida japonesa, filmes japoneses, esculturas japonesas e quase nenhuma pessoa do Japão.

  • Alimentação: sushi, sashimi, Mupy e sorvete frito;
  • Equipamento essencial: touquinha e plaquinha;
  • Músicas favoritas: X-Japan e Aikawa Nanase;
  • Cantada infalível: “Awnnn.. *_* Não acredito ^^ que você =P também leu Dr. Slump *_*”;
  • Ataques especiais: abraços grátis.

Cinéfilos: os nerds de Hollywood

Sentar em uma cadeira de escritório não é o suficiente para quem está acostumado a utilizar cadeiras de diretor de cinema. E é lógico que os nerds do cinema também desejam ser atores, diretores, roteiristas ou câmeras dos estúdios de Hollywood. Reconhecê-los é fácil, porque eles sempre estão com alguma peça de roupa que os identifique fortemente.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Podem ser camisetas de Guerra nas Estrelas, chapéus de Indiana Jones, jaquetas de Grease ou tudo isso junto. O que importa é sempre deixar claro que o cinema é o seu maior interesse. Quem nunca conheceu alguém assim?

E se você está desconfiado de que algum dos seus amigos faz parte desse grupo, pegue um cronômetro e pergunte o que ele pensa sobre a influência da cultura romena no cinema iraniano. Se a resposta durar mais do que dois minutos, ele é um nerd do cinema.

  • Alimentação: pipoca;
  • Equipamento essencial: câmera, DVDs e fitas antigas;
  • Músicas favoritas: trilhas sonoras;
  • Cantada infalível: “Deixa eu ser o Brad da sua Angelina”;
  • Ataques especiais: maratona de “O Senhor dos Anéis: versão estendida”, sem pausa.

Hackers: você nunca vai conhecer os bons

Obscuros, misteriosos e introspectivos. Fãs de Matrix e fiéis defensores da liberdade na internet, os hackers vêm ganhando destaque nos últimos anos, graças às ações constantes contra órgãos governamentais e empresas que apoiam ideias contrárias às deles. É muito provável que você conheça um nerd hacker, mas, se ele for realmente bom, você nunca saberá.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

A grande maioria dos hackers são também geeks – e alguns são gamers. Armados com seus códigos secretos, eles conseguem invadir qualquer estrutura para espalhar suas mensagens. Mas não se engane ao pensar que eles se organizam em grupos. O que os une são apenas as ideias, “porque ideias são à prova de balas”.

  • Alimentação: pílula vermelha;
  • Equipamento essencial: máscara de Guy Fawkes, código-fonte e proxy;
  • Músicas favoritas: hinos de piratas;
  • Cantada infalível: “Você quer algo para usar contra ele?”;
  • Ataques especiais: ataque de negação de serviço e invasão rápida.

.....

Atenção: este artigo faz parte do quadro "Erro 404", publicado semanalmente no Baixaki e Tecmundo com o objetivo de trazer um texto divertido aos leitores do site. Algumas das informações publicadas aqui são fictícias, ou seja, não correspondem à realidade.

Ilustrações: André Kranz e Aline Sentone

Cupons de desconto TecMundo: