A Epson é uma das maiores fabricantes de projetores do mundo. A marca tem uma ampla gama de produtos, voltados a diferentes necessidades dos consumidores.

Com modelos que atendem tanto o mercado corporativo quanto usuários domésticos, a companhia se consagrou no segmento. Agora, no entanto, a Epson vem com uma proposta um pouco diferente.

Conforme anunciado na BGS 2016, a fabricante quer conquistar um novo tipo de usuário: os jogadores. Por fora, o PowerLite U32+ é um aparelho bastante comum. Contudo, por dentro, o hardware do produto apresenta características muito requisitadas pelos gamers.

Equipado com uma lâmpada de alta luminosidade, componentes que prometem alta taxa de atualização e sistema eletrônico para apresentação de vídeos em Full HD, este modelo quer conquistar um espaço em um mercado mais exigente. Será que este Epson tem tudo de que você precisa? Vamos comentar cada característica do produto, mas antes veja a ficha técnica.

Especificações

Design elegante e funcional

A Epson tem um design bem característico em seus projetores. Fugindo do formato mais quadrado de outras marcas, a empresa aposta em cantos arredondados, que dão uma carinha mais simpática aos produtos.

O PowerLite U32+ segue esse mesmo conceito, em uma combinação bastante coerente que agrada já no primeiro olhar. O revestimento na cor branca dá um tom de elegância. Há alguns elementos de sustentação e determinados componentes na cor preta, mas a composição funciona muito bem.

Na parte frontal, a lente fica escondida atrás de uma tampa que é facilmente deslocada.  Acima do projetor, há alguns itens para ajuste de foco, bem como o painel de controle, que vem recheado de botões. Os ícones de função são bem explicativos, o que facilita o uso do produto já no primeiro contato.

A distribuição dos itens é bastante inteligente, deixando espaços nas laterais para fluxo de ar. Com o uso de grades, este projeto esconde bem o hardware, mas garante boa ventilação. Essas áreas são integradas à carcaça de forma inteligente, o que resulta em um visual bastante harmônico.

Os ajustes de sustentação — bem úteis para usar o aparelho sobre uma superfície — ficam na parte inferior. Ele tem uma regulagem na parte frontal e duas na parte de trás. Logo acima dos itens de mudança de altura, o Epson PowerLite U32+ apresenta as conexões de vídeo, bem como o alto-falante, que fica escondido atrás de um espaço com pequenos furos.

Múltiplas fontes de vídeo

Independentemente se você é um gamer ou alguém que quer incrementar experiência de cinema em casa, o PowerLite U32+ tem os recursos necessários para você conectar seus aparelhos e desfrutar de toda a qualidade visual do sistema da Epson.

Este modelo apresenta duas conexões HDMI (sendo uma compatível com MHL), uma porta D-Sub para cabos do tipo VGA (aquele padrão azul de computador), duas portas USB (sendo uma do tipo A e outra do tipo B) e ainda conectores do tipo RCA.

O processo de conexão é do tipo Plug and Play, o que dispensa qualquer explicação. O suporte para resoluções digitais de até 1080p é um dos grandes diferenciais do aparelho, que é bastante interessante para curtir filmes em Blu-ray e jogos dos consoles mais recentes.

Além das conexões cabeadas, o Epson PowerLite U32+ traz sistema de WiFi embutido, o que facilita a transmissão de conteúdos sem o uso de cabos. Basta baixar o aplicativo iProjection para enviar a imagem da tela do seu Android ou iOS para o projetor. É uma ferramenta muito útil, já que não é preciso extrair os arquivos do celular e passar para um computador.

Tela gigantesca de até 300 polegadas

Graças à lâmpada com capacidade luminosa de até 3.200 Lumens, o Epson PowerLite U32+ se mostra muito versátil. A fabricante recomenda o uso em ambientes pequenos, com distância de projeção de até 3 metros, o que resulta em uma tela de mais de 100 polegadas.

Todavia, a Epson informa que mesmo em locais maiores, com até 10 metros de distância entre o projetor e o painel de projeção, este modelo dá conta do recado sem problemas e pode apresentar uma incrível imagem com 300 polegadas!

Obviamente, para todos os casos é importante planejar a questão da iluminação ambiente. Quanto mais longe a parede de projeção, menor será o nível de luminosidade da imagem projetada. Dessa forma, se você pretende curtir seus filmes em um telão com 300 polegadas, é importante pensar em um lugar bem escuro.

Qualidade de imagem e desempenho

Para nossos testes, realizamos uma configuração com o projetor posicionado a aproximadamente 3 metros de distância do painel de projeção. O ambiente para a análise é totalmente vedado para a entrada de luz, o que nos permitiu ter uma noção bem clara e nítida da qualidade apresentada pelo PowerLite U32+.

Usamos os diferentes perfis de ajustes de imagem do produto e com cada um tivemos algumas mudanças na qualidade de exibição. Todavia, em um panorama geral, podemos dizer que o resultado apresentado é muito mais do que satisfatório, beirando quase a qualidade de televisores mais top.

A tecnologia 3LCD de 3-chips garante um colorido excepcional e brilho intenso

Obviamente, na prática, a qualidade pode variar conforme o aparelho que está enviando o sinal de vídeo, as regulagens do projetor, o painel de reprodução, a iluminação ambiente, a distância de projeção e outros pormenores que influenciam de alguma forma na exibição da imagem.

É importante notar que toda essa qualidade de imagem só é possível graças à exclusiva tecnologia 3LCD de 3-chips. Com essa novidade, o U32+ tem o mesmo nível de brilho em luz branca e colorida, o que lhe possibilita alcançar um contraste elevado e apresentar cores muito mais vivas mesmo em ambientes iluminados.

Bom, aí temos outra questão importante para abordar: o desempenho para jogatina. O PowerLite U32+ é um modelo que promete resultados estonteantes para games de qualquer tipo, tanto que a demonstração na BGS foi feita com o jogo Street Fighter V.

Nós testamos o produto com vários games no PC e no PS4. Os comandos são enviados com muita agilidade para a tela, de modo que dá para encarar as partidas sem qualquer problema. Obviamente, quem estiver acostumado com monitores gamers talvez sinta algum delay de milissegundos, mas os resultados deste projetor são bastante satisfatórios.

Os ajustes podem ser realizados com facilidade, graças ao controle remoto que apresenta várias funcionalidades. O menu de opções é bem organizado e explicativo, então é muito simples mudar parâmetros e ajustar o projetor conforme suas necessidades. É possível ter uma melhora significativa em poucos cliques.

Som, ruídos e temperatura

Se por um lado a Epson acertou na questão de imagem, ela não fez muita questão de incrementar um sistema sonoro robusto. Sabemos que aparelhos do tipo não são reconhecidos por tal característica, mas um pouco mais de potência e qualidade seriam qualidades bem-vindas.

A fabricante instalou apenas um alto-falante com potência de 2 watts. Além de não ter um sistema de múltiplos canais, que poderia incrementar a experiência com filmes e jogos, a qualidade não é das melhores. Distorções são bem comuns e o componente de áudio não consegue entregar quase nada de graves.

Parte do problema também se deve ao ruído proveniente do sistema de refrigeração. As ventoinhas precisam girar em alta velocidade para conseguir remover todo o calor produzido pela lâmpada. Felizmente, apesar do barulho, a temperatura nas saídas de ar não chega a ser um problema, já que elas não incomodam quem está próximo.

Vale a pena?

O Epson PowerLite U32+ é o melhor projetor que já passou por nossas mãos. Elegante, compacto, leve e cheio de funcionalidades, este modelo vem como uma solução adequada para uso doméstico, empresarial ou para fins de jogatina intensa.

A performance do PowerLite U32+ em jogos surpreende, até mesmo naqueles que exigem input lag reduzido

As qualidades de imagem deste projetor são certamente fortes argumentos para indicá-lo para quem busca altíssima qualidade e quer ter um cinema em casa. A possibilidade de projetar imagens de até 300 polegadas ou de obter uma imagem com colorido impressionante em ambientes menores são características muito positivas do aparelho.

Ficamos bastante satisfeitos com a performance do aparelho para jogos. O atraso entre os comandos no video game e a exibição na tela é mínimo, o que mostra que este pode ser um equipamento adequado até para eventos de jogos.

As tecnologias mais recentes, incluindo compatibilidade com projeção sem fio direto do celular e a possibilidade de usar a função Split Screen (para projetar duas fontes de vídeo ao mesmo tempo) também são diferenciais importantes. O aparelho só deixa a desejar mesmo na questão do áudio, que não é exatamente uma prioridade.

Com lâmpada que dura até 10 mil horas e preço sugerido de R$ 4.999, o Epson PowerLite U32+ chega como uma ótima opção para jogadores e consumidores exigentes. É claro que é um valor salgado para muitos, mas se trata de um produto versátil que pode proporcionar uma experiência de cinema. Sendo assim, recomendamos o aparelho e parabenizamos a Epson pelo projeto de qualidade.

Cupons de desconto TecMundo: