O casamento entre Hideo Kojima e Konami já estava balançado desde março deste ano, mas o "divórcio" aparentemente só se tornou oficial agora. De acordo com uma reportagem da The New Yorker, o criador da franquia Metal Gear Solid e de outras grandes obras deixou oficialmente o escritório da desenvolvedora japonesa em 9 de outubro.

Kojima estava desde 1996 na empresa e teve uma "cerimônia de despedida" com com algumas centenas de convidados — muito provavelmente quem estava trabalhando na hora. O evento teria sido animado, porém bastante emocionante, com a certeza de que aquele era um adeus.

Ainda segundo a reportagem, no contrato de Kojima consta que ele pode assinar com outro estúdio a partir de dezembro de 2015. Qual será a desenvolvedora escolhida por ele para dar continuidade a projetos pessoais? Ou será que ele vai abrir a própria companhia para ter mais liberdade — e evitar justamente os problemas que o tiraram da Konami?

"Férias"?

O site Tokyo Sports entrou em contato com a Konami na tentativa de confirmar a informação. A resposta foi recebida com muita desconfiança: a empresa diz que ele ainda está no quadro de empregados e que, em vez de ter saído de vez, só está de férias após um período de finalização de um grande projeto.

"Atualmente, Kojima está listado como um funcionário da companhia. (...) Kojima e a equipe de desenvolvimento finalizaram o desenvolvimento de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain e estão tirando um longo tempo de folga do trabalho", disse um porta-voz. A empresa ainda disse desconhecer qualquer festa realizada em homenagem a ele.

Só que a empresa foi pega na mentira: o autor da matéria original, Simon Parkin, até postou no Twitter uma foto da festa nos escritórios da companhia. Kojima é o centro das atenções no retrato e parece mesmo estar de saída. Assim complica, hein, Konami?

Qual será o destino de Hideo Kojima? Redenção ou recomeço? Comente no Fórum do Baixaki Jogos

Via Baixaki Jogos.

Cupons de desconto TecMundo: