O resultado de um ano de trabalho entre o designer Damjan Stankovic e o produtor Marko Pavlovic finalmente pode ser apreciado. Sob o nome de Rhei, o relógio eletromecânico usa um ferrofluido para fazer o “tempo fluir”.

“Há um meio campo entre a tecnologia analógica e a esfera digital onde as regras da mecânica e as leis da natureza se combinam para criar uma ‘ilusão líquida remanescente’ com design contemporâneo”, explicam os idealizadores do projeto, que definem o protótipo como uma “instalação dinâmica, uma escultura animada ou uma ideia expressada de forma minimalista”.

Em suma, Rhei é um relógio eletromecânico com um display líquido cujas horas são exibidas a partir da interação entre uma série de imãs. A proposta é bastante semelhante ao Ferrolic, outro dispositivo dedicado à monitoração do tempo que investe no uso diferenciado do ferrofluido.

Poucas informações sobre Rhei foram disponibilizadas até o momento. Mas o funcionamento dos ponteiros pode ser entendido de forma relativamente simples: conforme já explicado pelo TecMundo, as estruturas líquidas passam a ser criadas quando o fluido se aproxima de campos magnéticos – em contato com o óleo, que não interage com imãs, o material ferroso gera efeitos dos mais variados e impressionantes tipos.

Damjan Stankovic, idealizador do protótipo.

Estruturas de ferrofluido capazes de se adaptar em tempo real a adversidades poderão ser criadas no futuro? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: