A torre The John Hancock (Chicago, EUA), um dos arranha-céus mais altos do mundo, agora oferece uma atração especial a seus visitantes. Ao chegar até o topo do edifício e posicionar-se em frente a um conjunto de janelas, a beirada das paredes de vidro inclina-se 30º para frente – o que parece causar um divertido frio na barriga de turistas mais ousados.

O mecanismo de entretenimento foi construído de maneira a não interferir com a estrutura restante do prédio. Para garantir a segurança dos corajosos visitantes, três motores hidráulicos ficam responsáveis por controlar os movimentos das janelas – feitas com vidro reforçado e emolduradas a aço. Quem decide submeter-se à visão alternativa do topo do prédio fica a uma altura de 305 metros do chão – o The John Hancock tem, ao todo, 344 metros.

Localizado, portanto, no 94º andar do arranha-céu, o “TILT” (nome do sistema desenvolvido) proporciona de fato vistas panorâmicas de tirar o fôlego. Prestes a ser oficialmente inaugurada, a atração vai custar US$ 5 a turistas que desejarem ficar de cara virada a 30º para o chão de Chicago durante a vasta extensão de 60 segundos.

O empreendimento foi construído a partir de parceria entre as companhias Thornton Tomasetti, Gensler, Cupples, Turner e ESD. Espera-se que 55 milhões de pessoas visitem a atração nos próximos anos. Você teria coragem?

Cupons de desconto TecMundo: