Certamente seu celular já descarregou enquanto você estava fora de casa e, sem dúvidas no momento em que você mais precisava dele. Embora os carregadores veiculares existam e não tenham um valor muito diferente dos tradicionais, nem todos podem utilizar essa fonte como uma alternativa móvel de carregamento.

Quando você resolve carregar seu celular e dispositivos móveis, alguma vez pensou em como seria agradável utilizar um carregador móvel, “a pilhas” e que pudesse ser levado para onde fosse necessário? Alguém pensou nisso e criou uma solução que, além de portátil é segura e com um grau poluente muito menor do que o das baterias tradicionais.

A Horizon Fuel Cell Technologies lançou no mercado seu “Horizon MiniPak”, a primeira célula combustível compacta (tamanho de bolso) para uso pessoal. Não que isso seja uma coisa nova, vários protótipos utilizando células de combustível para uso doméstico (ou até mesmo para combustível veicular) já foram anteriormente criados, entretanto, o MiniPak foi o primeiro seguro, portátil e com preço acessível.

Visão da célula de combustível

Com o preço por volta dos US$ 99,00 (com expectativa de queda para o futuro), o MiniPak é composto por dois cartuchos de hidrogênio sólido (chamados de “HydroSTIK) e uma célula de combustível com saída USB padrão. O kit gera o equivalente de energia de aproximadamente mil pilhas alcalinas do tipo AA.

Além disso, os cartuchos utilizados são descartáveis e recarregáveis. Ao contrário das pilhas e baterias tradicionais, ele é 100% reciclável, não utiliza metais pesados e não há qualquer tipo de líquido tóxico envolvido em sua composição.

Como ele gera energia?

Diferente das tradicionais pilha e baterias presentes no mercado, a célula de combustível não efetua uma função de armazenamento. O que ela faz é gerar energia a partir da reação de um oxidante e um combustível (com um eletrólito). Dessa forma, ela tem a possibilidade de ser reabastecida em uma quantia de tempo muito menor do que uma pilha recarregável.

Além disso, o dejeto gerado por um sistema de célula de combustível que utiliza oxigênio e hidrogênio é água. Não é preciso mencionar quão menores são as ameaças trazidas ao ambiente em comparação a uma pilha ou bateria.

Como o dispositivo funciona?

Carregamento não poluente e portátilUma vez conectado um cartucho de hidrogênio sólido à célula combustível, o dispositivo já começa a gerar eletricidade com intensidade de 2,5 W. A saída é disponibilizada por meio de uma porta USB padrão. Então, você pode conectar qualquer dispositivo ao sistema, utilizando-o como forma de alimentação.

Isso serve para carregar celulares, dispositivos GPS, smartphones, repelentes eletrônicos de insetos, microfones sem fio, lanternas e outros aparelhos de pequeno porte. Adicionalmente, é disponibilizado com o MiniPak um adaptador USB para oferecer maior compatibilidade com celulares, smartphones, iPods, MP3 e MP4 players.

Como é feito o recarregamento dos cartuchos?

Carregador, HydroFILLPor ora ainda é necessário um equipamento chamado “HydroFILL”, desenvolvido pela mesma empresa. Este dispositivo, por meio da adição de água e conectado a um painel solar (ou tomada), gera hidrogênio que é automaticamente armazenado em estado sólido no HydroSTIK . Uma vez completa a carga, ele está novamente pronto para o uso.

Produção e preço

Embora o preço inicial do dispositivo (US$ 99,00) por um equivalente à energia de mil pilhas não seja elevado, estima-se que posteriormente, quando o produto adquirir popularidade e tiver uma produção em larga escala, o valor venha a diminuir. Fora que os danos ao ambiente são consideravelmente muito menores do que o causado pelas baterias tradicionais.

Você gostou de conhecer esta alternativa às pilhas e baterias que, além de causar menos danos ao ambiente, ainda possui um preço relativamente acessível? Compartilhe sua opinião conosco sobre o MiniPak comentando o artigo.

Cupons de desconto TecMundo: