(Fonte da imagem: Inhabitat)

A Rússia aprovou no último dia 22 de agosto um projeto que parece saído da ficção: com custos aproximados de US$ 65 bilhões, o país deve iniciar a construção de um túnel de 106 quilômetros ligando a Sibéria à América do Norte, permitindo o transporte terrestre entre os dois continentes.

O projeto, que deve atravessar o Estreito de Bering, está planejado para quebrar o recorde de túnel mais longo do mundo, possuindo o dobro do tamanho daquele que liga a Inglaterra à França. Além de permitir o transporte de bens entre o continente asiático e a América, o projeto pode ajudar no desenvolvimento de um corredor de energia renovável a partir da instalação de dispositivos capazes de acumular a eletricidade produzida pelos ventos e pelas marés do percurso.

O túnel também deve servir para o transporte ferroviário, se tornando parte de uma rede de trilhos que se espalha por três quartos do hemisfério norte da Terra. Além disso, através da construção serão passadas linhas de transmissão e cabos de fibra ótica, aumentando a capacidade de comunicação entre os dois continentes.

Projeto para o futuro

Para que o projeto seja viabilizado, serão estabelecidas parcerias entre o setor público e empresas privadas interessadas no potencial econômico da ponte. Segundo o site Inhabit, a novidade deve garantir o transporte ferroviário de 100 milhões de toneladas de carga por ano.

(Fonte da imagem: Wikimedia Commons)Outro fator que surpreende é a capacidade de geração de energia do projeto. Somente com a energia das marés próximas seria possível produzir 10 gigawatts de eletricidade, valor que seria ainda maior com a produção de energia através dos ventos.

A expectativa é a de que o processo de construção do túnel demore aproximadamente 15 anos para ser finalizado. Essa seria somente a etapa inicial do projeto, já que levaria mais alguns anos para o fim do desenvolvimento das linhas de transmissão de dados e energia, sem contar com a instalação dos trilhos para o estabelecimento da ferrovia ligando os continentes.

Cupons de desconto TecMundo: