Captadores de energia solar são aparelhos bonitinhos e inofensivos, correto? Bom, não para os pássaros. De acordo com uma reportagem publicada pelo site Rewire, cerca de cem pássaros foram incinerados ou vaporizados durante um recente teste do projeto Crescent Dunes, um enorme gerador de eletricidade que está sendo construído a 310 km da cidade de Las Vegas, no meio do deserto de Nevada.

Sendo projetado para suprir a alta demanda energética do estado homônimo, o complexo conta com nada menos do que 17,5 mil placas solares capazes de captar os raios ultravioleta e rebate-los para uma torre que utiliza essa fonte de calor extremo para aquecer sal fundido, cuja energia termal é utilizada para gerar a eletricidade em si.

Durante um teste de seis horas efetuado no dia 14 do mês passado, o Crescent Dune operou com apenas um terço de seus espelhos e se mostrou um projeto bem-sucedido. Só há um único problema: biólogos afirmam ter presenciado cerca de 130 aves sendo incineradas ao sobrevoar os painéis solares aquecidos, deixando “rastros de fumaça e vapor”. Em um teste subsequente no dia seguinte, a SolarReserve – construtora responsável pelo projeto – diminuiu a quantidade de espelhos utilizados visando minimizar esses impactos indesejados.

Acredite: poderia ser pior

Por mais que os engenheiros por trás do Crescent Dune estejam confiantes de que conseguirão evitar um verdadeiro extermínio das aves da região, biólogos de Nevada se mostram preocupados em relação ao projeto, que deve ser inaugurado já no mês que vem. A morte de pássaros é um problema recorrente em geradores de energia por captação solar: o complexo de Ivanpah, localizado na Califórnia, foi recentemente acusado de causar a morte de duas aves por minuto.

As autoridades locais ainda estudam uma forma de evitar que os animais sobrevoem o “flux field” (ou “campo de fluxo”, em português), como é denominada a área de calor entre os espelhos e torres de captação. Vale observar, contudo, que um estudo efetuado no ano passado pela U.S. News & World Report mostrou que esse tipo de gerador é o que menos causa morte de pássaros por ano: usinas que utilizam combustíveis fósseis continuam sendo o maior inimigo de nossos amigos voadores, causando quase 8 milhões de mortes anuais.