As tecnologias vestíveis já são uma realidade. O processo, que começou com os smartwatches, agora tende a embarcar para outras áreas. A NuDown, empresa norte-americana, é uma das expoentes dessa tendência.

O novo lançamento da companhia é uma jaqueta que esquenta o usuário. "E cadê a novidade nisso?", você deve estar se perguntando. A diferença está na maneira como ela faz esse trabalho, podendo aquecer qualquer pessoa com mais potência. Sua tecnologia é simples, mas ela está lá.

Esquentando pelo ar

Em vez das convencionais camadas de camurça, couro, algodão etc., a jaqueta da NuDown utiliza bolsões de ar para fazer esse serviço. Ela funciona da seguinte maneira: com uma bomba de mão, o dono da jaqueta pode adicionar o tanto de ar que deseja dentro da jaqueta. Quanto maior o volume injetado, mais quente a vestimenta ficará, pois será aquecida pelo próprio corpo do usuário.

Segundo a companhia, apenas uma bombeada de ar dentro da jaqueta já é capaz de aumentar a temperatura corporal em 1°C. A NuDown também oferece gás argônio como substituição, o que, de acordo com eles, esquenta o corpo humano três vezes mais que o ar.

Quanto custa

Talvez na maior parte do Brasil seu uso não seja muito útil, mas em países que atingem e até ultrapassam o 0°C, a iniciativa da NuDown pode ser uma ótima saída para ficar com o corpo aquecido sem usar centenas de camadas de roupas.

Se você ficou interessado, é possível adquirir as jaquetas no site oficial da empresa. Elas vêm em duas versões: como colete, por US$ 250 (cerca de R$ 660); ou roupagem completa, por US$ 400 (R$ 1.000). O gás argônio com refil custa US$ 20 (R$ 50). Contudo, fique esperto se realmente quiser uma dessas. Até o fechamento desta matéria, os produtos estavam em falta.

Cupons de desconto TecMundo: