Como comentamos um pouco mais cedo, a manhã de hoje (15) trouxe uma bomba e tanto com o anúncio de que a Microsoft está comprando a Mojang, que é nada menos do que a criadora de Minecraft. É claro que, com isso, não foram poucos a se preocuparem; a Mojang, no entanto, veio lançar um FAQ para mostrar aos fãs da empresa que “Tudo vai ficar OK”.

Entendendo a venda

Para começar, vem a pergunta principal: por que vender a Mojang para a Microsoft? Afinal, Notch já teve sua dose de críticas à companhia de Bill Gates. Mas o fato é que o criador do Minecraft estaria cansado de ser dono de uma empresa tão grande e renomada mundialmente, visto que isso o estava atrapalhando em projetos menores, por exemplo.

Com isso, restou encontrar uma companhia disposta a comprar a Mojang pelo valor desejado por eles. E, considerando o tamanho que eles atingiram, convenhamos que não sobraram tantas opções assim.

Por outro lado, a má notícia é que temos também a saída de Notch da companhia, assim como a saída dos outros fundadores da empresa. Sobre isso, o criador de Minecraft permaneceu calado, por enquanto, mas prometeu uma declaração em breve em seu Twitter.

Minecraft continuando como sempre

Outra das preocupações também é uma das maiores: Minecraft vai deixar de estar disponível para alguma plataforma? Como dissemos na matéria em que anunciamos a compra, não, a Microsoft pretende manter o game em todos os sistemas para os quais já foi anunciado, também recebendo atualizações e suporte.

Já a questão dos mods, vídeos e afins é um pouco mais complicada, pois a Microsoft ainda não revelou seus planos específicos quanto ao assunto. Mesmo assim, ela afirma desejar que a comunidade de Minecraft cresça cada vez mais; logo, proibir os fãs de criarem modificações ou que façam gameplays comentados não seria a melhor ideia para isso.

Por fim, fica a dúvida quanto aos outros projetos da empresa, como no caso de Scrolls. Aqui infelizmente ficamos “no escuro”, já que a própria Mojang disse não saber. Ela promete trazer novidades quanto a isso assim que possível. Resta a nós esperar, nesse caso, e torcer que a aquisição realmente se prove boa para todas as companhias envolvidas – assim como para todos os jogos delas.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: