Reuters. Por Sérgio Spagnuolo - A Telefônica Brasil divulgou nesta quinta-feira um lucro trimestral acima da expectativa do mercado, mostrando que o crescimento da empresa em telefonia móvel tem sido mais rentável do que o esperado, apesar da forte concorrência no setor.

Em janeiro, a Vivo acrescentou 1,3 milhão de novas linhas móveis, acima das concorrentes, e detém a liderança com 29,73 por cento de participação de mercado, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações.

Nos últimos três meses do ano, o lucro líquido somou 1,462 bilhão de reais, queda de 1,3 por cento na comparação anual mas acima da média de previsões de seis analistas consultados pela Reuters, de 1,212 bilhão de reais , informou a companhia em comunicado divulgado nesta quinta-feira.

No acumulado do ano, o lucro líquido foi de 5,072 bilhões de reais, alta de 18,2 por cento sobre 2010, "refletindo o desempenho positivo do resultado operacional combinado ao melhor resultado financeiro", disse a empresa em sua divulgação de resultados.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda) totalizou 3,307 bilhões de reais, 6,4 por cento superior a um antes, e acima da média da previsão de analistas, de 2,975 bilhões de reais. Em todo 2011, o Ebitda somou 12 bilhões de reais. A margem Ebitda no período passou de 37,7 para 38,5 por cento, avançando mesmo em meio à forte concorrência e ao aumento de iniciativas promocionais a clientes .

A receita operacional líquida somou 8,6 bilhões de reais nos últimos três meses do ano, avançando 4,5 por cento anualmente, em linha com a previsão de analistas. No ano, o dado acumulado foi de 33,171 bilhões de reais, avanço de 5,4 por cento.

Os investimentos nos negócios móvel e fixo totalizaram 5,741 bilhões de reais em 2011, 16 por cento superior ano a ano, incluindo o pagamento de licenças adquiridas pela Vivo no leilão de frequências realizado em 2010, no valor de 812 milhões de reais.

"Os investimentos do período visaram a ampliação da capacidade e qualidade da rede, em especial o aumento de nossa cobertura em fibra em regiões chave do estado de São Paulo e a ampliação da cobertura 3G, que passou de 1.206 municípios cobertos no final de 2010 para 2.516 municípios ao final de 2011", relatou a operadora.

A Telefônica Brasil viu sua dívida líquida crescer 51 por cento sobre 2010, atingindo 3,165 bilhões de reais.

Cupons de desconto TecMundo: