A ideia do Hyperloop não é necessariamente nova, mas ainda surpreende por se tratar de um projeto inovador e bastante ousado. Criada por ninguém menos que Elon Musk – aquele que é considerado o "Tony Stark da vida real" – em 2013, essa iniciativa promete criar o meio de transporte coletivo mais rápido do mundo. Trata-se de uma cápsula despressurizada que dispara como se fosse uma bala de pistola de um ponto a outro, sem usar combustíveis fósseis, trilhos ou estradas.

Esse "veículo" é capaz de alcançar a impressionante velocidade de 1.100 km/h, viajando com uma rapidez incrível por dentro de tubos especialmente criados para serem usados nesse projeto. A propósito, esse meio por onde as cápsulas vão viajar – os tubos – já começaram a ser fabricados, como mostra o vídeo da CNN que abre esta matéria.

Como funciona?

"Você apenas remove a pressão de um ambiente fechado - pense nisso como um tubo", explicou Rob Lloyg, presidente da Hyperloop Technologies, em entrevista à CNN. "Você remove a fricção das rodas levitando a cápsula dentro do tubo e então será preciso muito pouca energia para mover essa cápsula a uma velocidade incrível".

Elon Musk criou a ideia do Hyperloop como uma forma de protesto contra os planos do governo da Califórnia de construir um trem-bala que custaria US$ 68 milhões (quase R$ 260 milhões em conversão direta na cotação atual). O bilionário acredita que é possível conceber um meio de transporte mais eficiente e pagando menos, e colocou isso em prática com esse projeto.

Os tubos que estão sendo montados no deserto começarão a ser montados e testados nos próximos meses. O local é o estado americano de Nevada, com expectativa de que estejam prontos para levar pessoas até 2020. Acha que esse projeto vai vingar?

Qual você acha que é a solução para a mobilidade urbana da atualidade? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: