Como um bilionário faz para provar que pode realizar algo incrível em pouco tempo? Aposta, é claro. E foi assim que o empresário e inventor Elon Musk — dono da companhia de baterias e veículos Tesla e da agência espacial Space X — propôs sua solução para acabar com os blackouts que atingem a Austrália Meridional.

Primeiramente, o problema: a região afetada vem tendo picos de eletricidade devido a grande demanda da população, principalmente porque grande parte do abastecimento é feito com energia renovável e não é sempre que venta os suficiente por lá. É aí que entra a conversa entre Musk e outro ricaço, o australiano Mike Cannon-Brookes.

Os termos da aposta

Na primeira troca de mensagens via Twitter, Cannon-Brookes afirma que para resolver o problema seria necessária uma estrutura capaz de gerar 100 MW em um prazo de 100 dias. “O quão sério é essa aposta? Se eu fizer $ acontecer (& política), você pode garantir?”, questionou.

Musk respondeu rapidamente: “Tesla terá o sistema instalado e funcionando em 100 dias após a assinatura do contrato, caso contrário ele será gratuito. Isso é sério o suficiente para você?

Depois de mais uma rodada de postagens, o sul-africano assegurou um “descontão” para solucionar o problema, com baterias no valor de US$ 25 milhões, um valor relativamente baixo para o setor. O custo final deve ficar bem acima disso, pois ainda não foram contabilizados transporte, taxas de importação e instalação, construção da base e gerenciamento.

Seria bom se as coisas pudessem ser resolvidas com mais acordos como esse, não? Aguardamos para ver o desenrolar dessa história e contamos para você por aqui no Tecmundo.

Cupons de desconto TecMundo: