A Brastemp lançou na terça-feira, 26, sua primeira máquina de bebidas completa. Seguindo um conceito próximo ao do Nespresso, que faz diferentes tipos de café através de pequena capsulas e se tornou imensamente popular entre os consumidores. No caso da Brastemp, a empresa brasileira criou um equipamento capaz de fazer 10 tipos de bebida - entre elas, cafés, sucos, chá quentes, chá gelados, refrigerantes, frapês, energéticos.

A máquina da Brastemp será chamada B.blend e deve começar a ser vendida em todo país até o final do ano, a empresa ainda não revelou seu preço final ou o custo dos pacotes de capsula, atualmente com 24 sabores de variedade. É possível que a empresa tente empregar um modelo semelhante ao seu o purificador de água. O serviço de assinatura deste aparelho custa a partir de R$ 49,90 por mês e inclui instalação, manutenção e reparos da máquina.

Uma ideia que quer mudar o mercado

A proposta muda toda a experiência do consumidor com bebidas em casa: desde a compra, passando pelo armazenamento, até o consumo. Além de água purificada natural, gelada, com gás e quente, B.blend oferece, inicialmente, 24 tipos de bebidas em cápsulas. Ao colocar uma delas na máquina e apertar apenas um botão, o modo de preparo adequado é iniciado automaticamente, preparando cada bebida na medida e temperatura ideais, uma na sequência da outra.

“B.blend foi projetada para lares brasileiros, representa uma das maiores inovações da Brastemp nas últimas décadas e irá transformar a experiência das pessoas em relação às bebidas. Os consumidores terão a bebida que quiserem, na hora em que quiserem, e ao toque de um botão. Estamos lançando um negócio de alta tecnologia que reúne eletrodomésticos, serviços e bebidas”, afirma Fernando Yunes, diretor sênior de Novos Negócios da Whirlpool Latin America.

A ideia da Brastemp com o novo produto é revolucionar o mercado de bebidas com foco na individualidade e na mudança de perfil das famílias. "Acabou a ditadura da caixinha e da garrafa", disse o presidente da empresa, João Carlos Brega. As cápsulas, segundo a empresa, terão esquema de distribuição para entrega na casa do consumidor.

O exemplo utilizado na apresentação foi a família da diretora de marketing da marca, que é composta por 4 filhos que não compartilham de gostos em comum. Ela falava sobre ter que comprar dezenas de garrafas diferentes, e obrigar a todos a tomar a mesma coisa para que o conteúdo de cada uma não estragasse. A B.blend viria como a solução ideal desta família, já que todo mundo poderia tomar o que gosta de maneira individual, dependendo apenas da escolha da capsula.

A Brastemp diz que seu objetivo é firmar parcerias com fornecedores de bebidas no futuro, reforçando o seu portfólio de cápsulas com diversas marcas, conhecidas ou novatas. Entre as cápsulas já prontas, há diferentes sabores de cada um dos dez tipos de bebidas, Guaraná e Coca em “refrigerantes”, laranja, pêssego e maça como "sucos naturais" e assim por diante.

Nós experimentamos três sabores durante o lançamento: suco de pêssego, Coca-Cola (chamada aqui só de cola por motivos de direitos autorais) e um café. O suco e o café estavam excelentes, mas a Coca era um pouco sem gosto e poderia ser melhorada.

O futuro da B.blend

Para o lançamento dessa inovação, a Whirlpool firmou uma parceria estratégica de longo prazo com a Bevyz, empresa baseada na Europa, que desenvolve tecnologia para o mercado de bebidas e detém a técnica e a licença das cápsulas que serão utilizadas pela Whirlpool na América Latina. A marca Bevyz também assina a máquina e as cápsulas B.blend, e irá colaborar para o desenvolvimento de novos sabores e novas categorias de bebidas, incluindo sopas, cervejas e muito mais. “Estou feliz em dizer que somos parceiros da Bevyz, que acreditamos ser a melhor desenvolvedora de tecnologias para all-in-one, sistema de cápsulas multibebidas, e que conta com uma linha de produção asséptica para a produção de cápsulas”, diz Fernando Yunes.

Entre as empresas que também colaboraram para este projeto, a Embraco, líder mundial no mercado de compressores herméticos para refrigeração, tem sido um parceiro relevante que desenvolveu a tecnologia para desempenhar as funções de refrigeração e aquecimento. O resultado entrega uma solução completa de aquecimento, arrefecimento e gaseificação.

“Com o sucesso da área de Negócios Água, que completa 11 anos em 2014, decidimos estender a oferta de produtos e soluções para os lares dos consumidores. Nós entendemos a oportunidade no mercado de bebidas, criando uma nova experiência para os consumidores, e pretendemos levar essa inovação do Brasil para o mundo”, completa Fernando Yunes sobre B.blend, que será montada na planta da Whirlpool em Joinville, Santa Catarina.

A B.blend virá nas cores Grafite, Pimenta e Berry e será comercializado, inicialmente, para entrega na cidade de São Paulo, por meio do site www.bblend.com.br.

Competidores à vista

O Nespresso certamente criou uma tendência que chamou a atenção do público. Não é apenas a Brastemp que vai buscar uma nova máquina para este mercado. No começo deste ano, a Coca-Cola fechou um acordo para comprar 10% da empresa de cápsulas e máquinas de café e bebidas quentes Green Mountains Coffee Roasters por US$ 1,25 bilhão. Demonstrando um grande interesse da fabricante de refrigerantes.

A Coca deixou claro que tinha a intenção de lançar uma máquina para bebidas geladas, com e sem gás, muito similar a B.blend ainda em 2014. Por enquanto, ainda não sabemos direito a situação atual da máquina da empresa.

Cupons de desconto TecMundo: