A Google estreou nesta quarta-feira (7) o sistema Classroom (Sala de Aula), que faz parte da suíte de ensino Google Apps for Education. O objetivo da novidade é permitir que professores criem e organizem tarefas de maneira mais prática, ofereçam respostas mais completas a seus alunos e estabeleçam uma comunicação mais próxima com cada um deles.

Segundo a empresa, o novo sistema (que está em fase de testes) se baseia no princípio que dita que “ferramentas educativas devem ser simples e fáceis de usar”. A criação foi desenvolvida com o objetivo de “dar aos professores mais tempos para ensinar e, aos alunos, mais tempo para aprender”.

O Classroom usa ferramentas do Google Drive, Docs e Gmail para permitir a atribuição de tarefas sem o uso de folhas de papel. É possível verificar rapidamente quem fez ou deixou de cumprir o desafio proposto, assim como se torna fácil oferecer uma resposta imediata a cada um dos participantes do exercício.

Testes fechados

Professores também podem realizar anúncios, fazer perguntas e comentários em tempo real, mesmo sem compartilhar o mesmo ambiente físico que os estudantes. Para completar, o sistema cria pastas automáticas no Google Drive para separar cada tarefa e estudante, facilitando a consulta posterior a trabalhos realizados.

Estudantes e profissionais do ensino interessados em testar a novidade podem se inscrever gratuitamente através do site classroom.google.com/signup. A companhia afirma que vai escolher um número limitado de participantes tomando como base o número de pessoas registradas — os primeiros convites devem começar a ser distribuídos em “aproximadamente um mês”.

Cupons de desconto TecMundo: