O Dropbox é um dos mais tradicionais serviços de armazenamento e compartilhamento de arquivos da web. No ar desde 2007, o servidor na nuvem vai mudar a fim de oferecer serviços mais robustos e ágeis a seus usuários, e o primeiro passo dessa nova jornada tem a ver com a expansão massiva de sua rede em várias localidades.

Visando atingir uma infraestrutura semelhante à de gigantes da web como Google e Amazon para garantir acesso rápido a seu conteúdo, a companhia baseada em São Francisco vai expandir as suas conexões em 14 cidades espalhadas por três continentes. Para isso, o Dropbox contará com novos provedores de trânsito e também fará parcerias para implementar novos pontos de tráfego direto em larga escala.

Para dar vida a esse projeto ousado, o Dropbox coloca no ar ainda nesta semana um proxy próprio, construído com base em um software open source. Com isso, revela a empresa, a plataforma online garante mais desempenho na hora em que um usuário acessa um arquivo em sua conta no servidor a partir de qualquer parte do mundo.

Novidades implementadas em data centers devem conferir mais agilidade ao Dropbox

O novo proxy será implementado em diversos data centers ao redor do mundo, com o primeiro deles sendo inaugurado na central localizada nos Estados Unidos. Para o segundo semestre de 2017, as centrais de dados em Paris, Miami, Sydney, Madri e Milão também devem estar equipadas com esse novo recurso.

Distribuindo conteúdo por conta

Em suma, as mudanças da Dropbox acontecem porque a empresa se tornou global nestes 10 anos de atuação. Atualmente, 75% de seus usuários estão fora dos Estados Unidos, o que exige soluções mais personalizadas e amplas para garantir velocidade e estabilidade a cada usuário que envia ou baixa arquivos de sua conta na plataforma. Além disso, comandar todos os aspectos do seu negócio também garante menos custos, uma mudança sempre bem-vinda.

Cupons de desconto TecMundo: