Uma história trágica e extremamente triste começou com o uso indevido de um drone e acabou com um bebê perdendo um dos olhos. Tudo isso aconteceu em Stourport-on-Severn, uma pequena cidade ao norte de Worcestershire, na Inglaterra. O pequeno Oscar Webb, de apenas 16 meses, brincava próximo a Simon Evans, que operava seu drone descuidadamente.

Evans então perdeu o controle do aparelho, que atingiu o garotinho no rosto e danificou seriamente um de seus globos oculares. Oscar foi levado de ambulância para o hospital juntamente com sua mãe, Amy Roberts, que só percebeu que seu filho estava vivo durante o trajeto. Porém, era óbvio que o olho do menino estava muito machucado pelo choque com o drone.

Acidente inédito

O cirurgião de Oscar afirmou ter sido a primeira vez que tratou desse tipo de ferimento causado por um drone. Faye Mellington, consultora de cirurgias oculares e oculoplástica, disse também que, apesar de ter testemunhado uma grande quantidade de acidentes relacionados aos olhos, nunca tinha visto um causado por esse tipo de aparelho e ainda relatou que, dada a crescente popularidade dos drones, é inevitável que haja cada vez mais desse tipo de fatalidade.

Após todo o procedimento médico, o pequeno Oscar perdeu um globo ocular, mas felizmente manteve intacta a visão do outro olho. Ele ainda deve passar por mais uma cirurgia plástica para poder colocar uma prótese.

A Autoridade de Aviação Civil do Reino Unido lançou uma série de orientações para pilotos de drones e afins e aguarda uma consulta pública antes de o governo lançar uma estratégia oficial em 2016. Confira algumas das diretrizes publicadas, que incluem também um vídeo de instruções:

  • Antes de cada voo, verifique se o drone apresenta algum dano e certifique-se de que todos os componentes estejam funcionando de acordo com o manual de instruções.
  • O drone deve permanecer dentro do campo de visão do operador o tempo todo.
  • O operador é responsável por evitar colisões com outras pessoas e objetos.
  • O drone não deve ser pilotado de nenhuma maneira que possa trazer perigo para pessoas ou propriedades.
  • É ilegal pilotar drones sobre áreas congestionadas, como ruas ou cidades.
  • Mantenha-se bem afastado de aeroportos ou outros campos de pouso e decolagem.
  • Não pilote drones a menos de 50 metros de pessoas, veículos, prédios ou outras estruturas, nem sobrevoe grupos de pessoas a qualquer altura.

Não custa nada lembrar a todos os leitores do TecMundo que gostam da prática da pilotagem de drones para tomarem cuidado redobrado, evitando acidentes trágicos como esse ou até mesmo situações piores. Vamos brincar com responsabilidade!

Garoto perde a visão de um dos olhos em acidente com drone descontrolado. Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: