Você mora no Rio de Janeiro e tem um drone? Então, atenção: a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) lançou uma proposta para regulamentar o uso do gadget. Em consulta pública, você pode acessar o projeto e enviar críticas durante os próximos 30 dias.

Alguns órgãos públicos cariocas também estão usando drones e vão ser afetados pela proposta. Por exemplo, a Secretaria Municipal de Obras (SMO) utiliza os objetos voadores para monitorar os projetos. Já a construção civil usa para registrar imagens aéreas de obras.

Ainda, a Força Aérea Brasileira vai comandar uma boa quantidade de drones durante as Olimpíadas. Eles já foram utilizados durante a Rio+20, a Copa das Confederações e a Copa do Mundo.

Contudo, o comitê olímpico e o Ministério da Defesa estão preocupados com a possibilidade de os moradores e os turistas atrapalharem os Jogos 2016 com drones. O empresário Ricardo Cohen, vice-presidente da Associação Brasileira de Multirrotores, comentou o caso:

"Nosso mantra é: pratique o voo seguro e siga as normas. Para operar, tem que haver um aprendizado, uma orientação. Então, não é só ligar e sair voando. É que nem carro. Qualquer um pode comprar, mas não é todo mundo que está habilitado. O drone é uma tecnologia nova e que vai ser tão popular quanto o celular. A regulamentação é importante para que as pessoas entendam o que é permitido ou não. Por enquanto, o que temos é um vácuo na legislação".

E você? Concorda com a declaração de Cohen sobre os drones? Diga nos comentários. Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: