A versão brasileira da World Wide Fund for Nature (WWF) utilizará uma tecnologia interessante para ampliar o monitoramente de áreas de preservação no país. Trata-se do projeto Ecodrones Brasil, que é realizado pela ONG em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e outras instituições da área.

No projeto, veículos aéreos não tripulados serão enviados para capturar dados e imagens em alta resolução por toda a Amazônia. O objetivo é ampliar a cobertura de vigilância e monitoramento da WWF Brasil, pois os drones cobrem um espaço maior em menos tempo do que seres humanos, sem falar na economia de custos. Para você ter ideia do material a ser obtido, a imagem do topo desta matéria foi tirada por um desses equipamentos.

Os chamado ecodrones da WWF Brasil mapeiam áreas de proteção ambiental, coletam informações científicas para pesquisas e podem ajudar a identificar incêndios florestais ou caça e exploração de recursos naturais. O uso desses veículos já é tradicional na área: a ONG já venceu até mesmo um prêmio da Google em 2012 por usar a tecnologia para ajudar na redução da mortalidade de elefantes e rinocerontes em áreas protegidas na África.

É uma boa ideia usar drones para fazer vigilância? Comente no Fórum do TecMundo

Os ecodrones ajudarão ainda a formular uma legislação específica para veículos do tipo utilizados para outros objetivos que não sejam recreação ou comercial. O lançamento do programa aconteceu nesta sexta-feira (17), quando se comemora o dia da Proteção das Florestas.

Cupons de desconto TecMundo: