Vizinho derruba drone com tiro de espingarda achando que era da CIA

1 min de leitura
Imagem de: Vizinho derruba drone com tiro de espingarda achando que era da CIA
Avatar do autor

Os drones estão se tornando cada vez mais populares – e a questão da privacidade é cada vez mais debatida à medida que os veículos voadores sobrevoam residências e empresas alheias, gerando reclamações. O mais recente embate envolveu dois vizinhos nos Estados Unidos e o caso foi parar no tribunal.

Eric Joe estava pilotando um hexacóptero acima do pomar dos seus pais na cidade de Modesto, Estados Unidos, quando o vizinho, Brett McBay, atirou no pequeno veículo voador com sua espingarda, derrubando-o no chão.

Drone de Joe derrubado pelo vizinho

Vigilância da CIA

Segundo Joe, McBay disse que o drone estava sobrevoando sua propriedade, acusando- o de um cometer um “teste de vigilância”. O vizinho também falou que ele confundiu o hexacóptero com uma “ferramenta de vigilância da CIA”.

Depois do incidente, Joe disse que não discutiria com um cara armado e eles trocaram emails sobre o que havia acontecido. Ele explicou ao vizinho que o objeto havia sido danificado e que o custo seria de 700 dólares. MacBay concordou apenas em dividir os custos.

Ao tribunal

Joe insistiu em um novo email que MacBay deveria pagar por todo o prejuízo causado, mas o vizinho discordou e declarou o assunto resolvido. Diante da situação, Joe levou o caso ao Juizado de Pequenas Causas, e venceu. Agora, MacBay terá que pagar 850 dólares pelos danos.

A equipe do site de notícias ARS Technica tentou entrar em contato com MacBay, mas não obteve resposta.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Vizinho derruba drone com tiro de espingarda achando que era da CIA