Os drones estão se tornando cada vez mais populares – e a questão da privacidade é cada vez mais debatida à medida que os veículos voadores sobrevoam residências e empresas alheias, gerando reclamações. O mais recente embate envolveu dois vizinhos nos Estados Unidos e o caso foi parar no tribunal.

Eric Joe estava pilotando um hexacóptero acima do pomar dos seus pais na cidade de Modesto, Estados Unidos, quando o vizinho, Brett McBay, atirou no pequeno veículo voador com sua espingarda, derrubando-o no chão.

Drone de Joe derrubado pelo vizinho

Vigilância da CIA

Segundo Joe, McBay disse que o drone estava sobrevoando sua propriedade, acusando- o de um cometer um “teste de vigilância”. O vizinho também falou que ele confundiu o hexacóptero com uma “ferramenta de vigilância da CIA”.

Depois do incidente, Joe disse que não discutiria com um cara armado e eles trocaram emails sobre o que havia acontecido. Ele explicou ao vizinho que o objeto havia sido danificado e que o custo seria de 700 dólares. MacBay concordou apenas em dividir os custos.

Ao tribunal

Joe insistiu em um novo email que MacBay deveria pagar por todo o prejuízo causado, mas o vizinho discordou e declarou o assunto resolvido. Diante da situação, Joe levou o caso ao Juizado de Pequenas Causas, e venceu. Agora, MacBay terá que pagar 850 dólares pelos danos.

A equipe do site de notícias ARS Technica tentou entrar em contato com MacBay, mas não obteve resposta. 

Cupons de desconto TecMundo: