No mês passado, Douglas Hughes, um homem de 61 anos, resolveu protestar contra a corrupção americana de uma maneira bastante inovadora: ele voou com um girocóptero e pousou no gramado do Capitólio, em Washington, nos Estados Unidos.

Hughes decolou de Gettysburg, na Pensilvânia, no dia 15 de abril e, no lugar de chamar atenção pela causa que lutava, ele instigou uma discussão no congresso sobre a segurança do espaço aéreo da cidade.

Um dos congressistas presentes na reunião, Jason Chaffets, enfatizou que Hughes tinha sorte de estar vivo e que o veículo que o homem pilotava deveria ter sido detonado quando ainda estava voando. Ouch!

Voar muito perto do sol (quadrado)

Infelizmente, no processo de chamar atenção para a sua revolta com o governo, Hughes acabou violando uma série de leis, entre elas operar um veículo aéreo sem certificação de aviador, violar os requisitos de registro de aeronaves e invadir um espaço aéreo proibido.

Agora, Hughes precisa responder pelos crimes de que foi acusado e pode ter que encarar mais de nove anos de prisão. Vai ser bem difícil protestar contra o governo estando atrás das grades.

Cupons de desconto TecMundo: