Se você não aguentava mais as pessoas falando sobre paus de selfie, fique sabendo que, em 2015, o assunto pode ser outro: "selfie drones". Eles não são exatamente novidade, já que, desde o fim de 2014, temos visto alguma coisa aqui e ali sobre essa nova categoria de aparelhos para autorretratos. Contudo, pelo menos três modelos devem chegar comercialmente ao mercado neste ano, o que pode ser o início de uma nova moda.

Durante a CES 2015, pelo menos duas companhias apresentaram drones para selfies que estavam prontos para estrearem no mercado. Um deles era o Zano, que foi financiado coletivamente no Kickstarter. Os desenvolvedores pediram inicialmente o equivalente a R$ 582 mil, mas acabaram arrecadando mais de R$ 10,8 milhões. O período de arrecadação terminou no início de janeiro.

O outro selfie drone encontrado na CES que também se mostrava promissor era o Nixie, um drone mais automatizado que não precisa de controle remoto para ser operado. Você o joga no ar e, em seguida, ele aponta a câmera para você, faz uma foto e volta automaticamente para sua mão. Quanto mais longe você o joga, mais de longe ele tira a foto.

O mais novo nessa pequena lista de drones para autorretratos é o ELF. Ele é produzido por uma companhia chinesa chamada Elecfreaks, que está arrecadando fundos no Indiegogo para lançar o produto no mercado. Diferente dos outros dois, o ELF é uma plataforma de código aberto, que qualquer pessoa pode usar para criar seu próprio drone para selfies. A campanha do ELF começou ontem e, em apenas um dia, já conseguiu 50% da sua meta de US$ 20 mil.

Enfim, há vários outros modelos de selfie drones sendo desenvolvidos pelo mundo e certamente pelo menos alguns deles serão lançados em 2015. Mas será que eles vão mesmo virar moda e desbancar os paus de selfie?

Cupons de desconto TecMundo: