Eles possuem rodas para percorrer trajetos terrestres e, caso haja muitos obstáculos pela frente, basta decolar e voar por aí

Em um mundo onde todas as coisas móveis estão se tornando autônomas (especialmente veículos automotores), estava demorando para termos um drone que realize suas atividades totalmente sozinho, incluindo também dirigir.

É isso mesmo: um grupo de pesquisadores do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) apresentou um protótipo de drone que é capaz de se locomover de maneira autônoma pelo chão e pelos ares. Eles possuem rodas para percorrer trajetos terrestres e, caso haja muitos obstáculos pela frente, basta decolar e voar por aí.

Inteligentes e autônomos

Criados no Laboratório de Inteligência Artificial e Ciências da Computação do MIT, os drones possuem um programa capaz de entender quando eles devem alterar de solo para ar ou vice-versa de acordo com a duração de suas baterias, visto que voar certamente gasta muito mais do que apenas rodar pelo chão. Eles também usam um software que mapeia rotas para saberem onde estão indo exatamente sem a necessidade de auxílio humano.

Além de tudo, o drone é inteligente o suficiente para entender que pode voar para evitar ficar parado no trânsito

Brandon Araki, líder do projeto, afirmou: “Drones normais não podem fazer manobras no chão. Um drone com rodas é muito mais versátil com apenas uma pequena redução no tempo de voo”. Ou seja, além de tudo, o drone é inteligente o suficiente para entender que pode voar para evitar ficar parado no trânsito e pode economizar energia percorrendo pelo solo um caminho que não necessariamente faria de maneira mais veloz pelos ares.

Confira no vídeo a seguir como o drones autônomos funcionam:

Cupons de desconto TecMundo: