Na tentativa de acabar de vez com o problema do lixo preso em linhas de transmissão, uma empresa chinesa criou um dos aparelhos mais assustadores da história: um drone que dispara jatos de fogo. A solução (que não parece muito segura) foi desenvolvida de forma a evitar a necessidade de que funcionários arrisquem suas vidas para realizar a limpeza.

No vídeo divulgado na semana passada na internet, o drone é usado para iniciar a queima de um pedaço de lixo preso a uma linha. Quando o material começa a pegar fogo e cai, o operador da máquina se limita a pousá-la tranquilamente em uma região segura.

O que torna o uso desse método um tanto preocupante é o fato de que ele pode danificar sem querer as linhas de transmissão que está tentando proteger. As imagens foram capturar na cidade de Xiangyang, na província de Hubei, mas não fica claro qual é o contexto em que isso aconteceu.

Essa não é a primeira vez que drones são usados por companhias responsáveis pela produção de energia, mas as tentativas anteriores não haviam sido tão agressivas. Em 2015, empresas nas cidades de Atlanta, Chicago e San Diego, nos Estados Unidos, receberam permissão para usar máquinas do tipo para inspecionar estruturas e detectar vazamentos de gás.

Cupons de desconto TecMundo: