16 dias após o lançamento do drone Karma, a GoPro anunciou que vai fazer o recall do produto. Em um comunicado publicado na última terça-feira (8), a companhia esclareceu que algumas das 2,5 mil unidades vendidas até o momento podem sofrer com um problema de alimentação que as faz parar de funcionar sem nenhuma espécie de aviso.

“A segurança é nossa maior prioridade”, afirma o fundador e CEO da empresa, Nicholas Woodman. “Um número muito pequeno de donos do Karma reportou incidentes de falha de energia durante a operação. Agimos rapidamente para fazer o recall de todas as unidades vendidas e oferecer a devolução completa do dinheiro investido enquanto investigamos a situação”.

Segundo Woodman, a GoPro está trabalhando junto à administração de aviação federal dos Estados Unidos e a órgãos regulatórios para resolver o quanto antes essa questão. A situação surge em um péssimo momento para a fabricante, que reportou ter ficado 23% abaixo de suas expectativas de vendas para o mais recente trimestre fiscal deste ano. A notícia de que o drone deixaria de ser vendido por um período temporário teve efeitos imediatos, fazendo com que suas ações fossem desvalorizadas em 8%.

Cupons de desconto TecMundo: