Uma equipe de engenheiros da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, fez um grande avanço na área da tecnologia de voo para drones.

O time apresentou ao mundo um quadricóptero capaz de voar por uma janela aberta sem a ajuda de sensores externos.

A princípio, o avanço não deve impressionar quem já viu vídeos de quadricópteros fazendo todo tipo de manobra, mas o importante da novidade não está nas piruetas e sim no fato de que todos os sensores necessários para desviar dos objetos estão dentro do próprio drone.

O que ele tem de diferente, afinal?

Sempre que vemos quadricópteros voando, eles são comandados por alguém ou estão em um ambiente totalmente controlado, cheio de sensores que enviam as informações sobre o espaço para que as hélices não atinjam nada pelo caminho.

Não é o caso desse novo modelo, capaz de levantar voo, passar por uma janela aberta e pousar sem nenhum tipo de ajuda. Foram necessários seis anos de pesquisa para conseguir colocar dentro do drone todos aqueles equipamentos que antes ficavam espalhados pelo laboratório.

Entretanto, ainda não é possível reproduzir a manobra fora do laboratório. Isso porque a localização dos obstáculos precisa ser enviada para o drone antes de ele iniciar o voo. Os pesquisadores, comandados pelo engenheiro Giuseppe Loianno, continuam trabalhando para aperfeiçoar esse mecanismo, mas a invenção atual já apresenta um passo enorme rumo a aeronaves que possam realmente voar sozinhas.

Cupons de desconto TecMundo: